Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Golpe falhado

17.07.16

Na 6ª feira à noite, os militares sairam à rua em Ancara, ocupando as ruas, fechando as pontes na capital de Ancara, bem como as do Bósforo, em Istambul, assumiram o controlo do aeroporto de Istambul e da estação de televisão pública e cercaram o parlamento. O presidente turco Recep Erdogan encontrava-se de férias em Marmaris, no Sul do país.

Em comunicado divulgado na televisão, os militares anunciaram ter tomado o poder “para restabelecer a Democracia” e “manter os direitos humanos”. O chefe do Estado Maior das Forças Armadas, Hulusi Akar, chegou a ser retido pelo exército numa base aérea perto da capital, acabando posteriormente por ser libertado.

Erdogan, em declarações à CNN, negou o seu afastamento e pediu à população para ocupar as praças em protesto contra o que descreveu como uma tentativa de golpe por uma fação minoritária dentro das forças armadas. Milhares de civis saíram às ruas de Ancara e Istambul, levando ao falhanço do golpe. No total, cerca de 3000 membros das Forças Armadas foram detids, entre os quais se encontram altos responsáveis da hierarquia militar, registando-se mais de 260 mortos e perto de 1500 feridos.

Como consequência do golpe, o presidente turco ordenou a demissão de perto de 3000 juízes e procuradores e a detenção de 10 elementos do Conselho de Estado, prometendo que os “golpistas “vão pagar caro” pela “traição” e que a pena de morte pode voltar a ser implementada no país. Segundo Erdogan, por de trás do golpe de estado estava o imã Fethullah Gulen, exilado nos Estados Unidos, e a quem pediu a extradição. Gülen nega, por sua vez, qualquer envolvimento na tentativa de golpe e sugere que o mesmo não passou de uma encenação de Erdogan para reforçar os seus poderes, uma teoria que tem ganho adeptos e que faz bastante sentido.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:41



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho




subscrever feeds