Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Afinal Gustavo Veloso não venceu a Volta a Portugal mas conquistou a camisola dos pontos pois, graças às 3 etapas que venceu (Senhora da Graça, Guarda e Lisboa).

Este ano a Volta decidiu-se na logo na 3ª etapa, quando a equipa do camisola amarela na altura (Daniel Mestre da Efapel) deixou que os fugitivos chegassem a Macedo de Cavaleiros com grande vantagem. Rui Vinhas era um desses fugitivos  e ficou com quase 4 minutos de vantagem sobre os grandes favoritos a vencer a Volta. Na montanha e no contra-relógio só foi preciso gerir a vantagem.

Ontem em Lisboa, Rui Vinhas ainda tinha 2m24s de vantagem sobre Gustavo Veloso e só perdeu 54 segundos para o grande favorito.

Gustavo Veloso não estava nada contente na chegada a Lisboa. Será que se vai manter na W52 FC Porto?

No final, a W52 FC Porto colocou 3 ciclistas nos 4 primeiros lugares - que grande equipa. Só Daniel Silva, da Rádio Popular Boavista, se intrometeu entre os azuis e brancos, conquistando o 3º lugar. Será que a W52 FC Porto estará tão forte para o ano?

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:41



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho




subscrever feeds