Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Birra

13.01.17

O PS acordou com o patronato uma baixa da Taxa Social Única, como contrapartida para o aumento do salário mínimo. No entanto a medida tem de passar no parlamento e não tem o apoio da esquerda parlamentar. O PS pensava que o PSD, que já tinha proposto esta medida, iria apoiar a medida mas tal não vai acontecer.

jornal Negócios 13012017.jpg

Contra todas as expectativas o PSD põe-se ao lado dos partidos de esquerda, sendo agora "frontalmente contra a utilização da TSU para promover o aumento do salário mínimo nacional".

Agora temos de ficar à espera se o PS volta atrás e o aumento do salário mínimo para os 557 euros já este ano ficará pelo caminho.

Este parece não vir a ser um ano fácil para o governo do PS apoiado à esquerda.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:08



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho




subscrever feeds