Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Londres e outras cidades inglesas estão a viver situações nunca imagináveis - jovens estão a provocar distúrbios em vários locais, incendiando e assaltando viaturas e lojas. A polícia que no início estava em pouco número nas ruas pouco fez, deixando que os jovens fizessem o que queriam.

A ministra do interior na 2ª feira chegou a apelar aos pais destes jovens para que controlassem os filhos, como isso fosse possível. Estes jovens desempregados ou que estão em férias escolares tinham até há pouco tudo de mão beijada, como roupas de marca e telemóveis de última geração, pois os pais recebiam subsídios do estado, que agora foram cortados. Parece que para reunir os jovens para estes actos de vandalismos foram usadas as redes sociais e o sistema de mensagens do BlackBerry pois é livre, compatível com multimédia e privado.

Quem está a sofrer com tudo isto são os comerciantes destas zonas, que estão a viver um enorme caos e que vivem do seu trabalho de uma forma honesta. Se queriam protestar contra as medidas do governo fossem para o centro de Londres manifestar-se. 

Agora vamos ver se estas cenas de violência não vão passar as fronteiras de Inglaterra pois jovens como estes não há só por lá. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:39


2 comentários

Sem imagem de perfil

De ARPires a 10.08.2011 às 10:45


Jovens como estes há em todo o lado, pois há...
Aquando da idade deles eu andava no campo a trabalhar forte e feio.
Não tinha tempo para fazer disparates, trabalhava muito para ajudar em casa, não havia praias nem piscinas, ir ao rio tomar uma banhoca já era um prémio que se tinha.
Estes jovens que hoje tem tudo ou quase não têm noção nenhuma do que custa a vida.
Cospem no prato onde comem...
Só resta uma medida,  pô-los a TRABALHAR. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.08.2011 às 15:09

Desde Paris que a Europa, dita comunitária, mete a cabeça na areia e faz de conta que tais erupções sociais são apenas casos fortuitos e desligados de qualquer embrião de mega conflito que possa estar em gestação; e os comentadores de serviço vão fazendo o jeito de culpar os fundamentalistas disto ou daquilo e a Al Qaeda, ou os cidadãos imigrantes, ou os negros, indianos e chineses e sei lá mais quantas atoardas...é que é uma chatice ter de admitir que são os pobres a começarem a dizer que existem e que esta sociedade feudalista não pode perpetuar-se com directórios políticos obesos de dinheiros e uma imensa plebe com salários de esclavagismo e a cujas famílias pertencem estes jovens sem nada a perder! Que são actos reprováveis, ninguém o desmente mas que não são apenas isso...há que o ter também em muito boa conta. Paris, Espanha, Reino Unido e a Manif da "nossa Geração à Rasca" foram dando toques para que os Eurocratas acordem da hipocrisia com que dão puxões-de-orelhas de cima da sua arrogância institucional, parasita e a roçar o crime e, se ninguém der sinais de que estão a fazer-se esforços para os ouvir temo que isto de Londres não passe dum arranhãozito! há-de ver-se em breve...

Comentar:

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho




subscrever feeds