Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Londres e outras cidades inglesas estão a viver situações nunca imagináveis - jovens estão a provocar distúrbios em vários locais, incendiando e assaltando viaturas e lojas. A polícia que no início estava em pouco número nas ruas pouco fez, deixando que os jovens fizessem o que queriam.

A ministra do interior na 2ª feira chegou a apelar aos pais destes jovens para que controlassem os filhos, como isso fosse possível. Estes jovens desempregados ou que estão em férias escolares tinham até há pouco tudo de mão beijada, como roupas de marca e telemóveis de última geração, pois os pais recebiam subsídios do estado, que agora foram cortados. Parece que para reunir os jovens para estes actos de vandalismos foram usadas as redes sociais e o sistema de mensagens do BlackBerry pois é livre, compatível com multimédia e privado.

Quem está a sofrer com tudo isto são os comerciantes destas zonas, que estão a viver um enorme caos e que vivem do seu trabalho de uma forma honesta. Se queriam protestar contra as medidas do governo fossem para o centro de Londres manifestar-se. 

Agora vamos ver se estas cenas de violência não vão passar as fronteiras de Inglaterra pois jovens como estes não há só por lá. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:39


56 comentários

Sem imagem de perfil

De a a 10.08.2011 às 10:59

Senhor ARPires,

Não falo dos jovens de Londres, porque não sei a razão deles nem defendo a forma de lutar deles. Mas falo dos jovens "normais" que acamparam em Espanha, França, etc. Esses jovens, ao contrário do que você diz, sabem muito bem o que é a vida e o mundo atual, por isso é que lutam por algo melhor do que o sistema ecónomico que apenas explora todos os recursos para os grandes estarem, cada vez mais, mais ricos. A riqueza mundial está em 1% da população, e nós (jovens) estamos cientes disso. Cada vez mais a informação está disponível para estarmos mais informados e não ficamos parados e queremos um mundo mais justo para TODOS... não só para nós.
Sem imagem de perfil

De Jose a 10.08.2011 às 11:21

Muito bem. Aos jovens pede-se-lhes que estudem, que não trabalhem etc para terem tempo para a sua formação, altamente qualificada, para engrossarem as listas de desemprego , ou, na melhor das hipóteses ser um empregado de balcão. Tanto investimento, tanta especialização para ficar desempregado. Está tudo mal. Muitos jovens prefeririam fazer os estudos básicos, bem feitos, e entrar no mercado de trabalho. Só que o sistema interessa a todos, ao estado, iludindo o desemprego , às escolas e universidades porque é a sua matéria prima. E nestas não há falência ao contrário de todos os outros sectores. Os jovens continuam a ser excluídos a quem se dá e espera formação para nada.
Sem imagem de perfil

De justo a 10.08.2011 às 11:48


é bonito o que diz mas não é a rebentar com o ganha pão dos outros e roubar os que trabalham diariamente no duro para terem algo mais muitas das vezes para dar a jovens que tem dentro de casa não há justiça se para alcançarem os seus objectivos não olham a meios de os obter a verdade é que no meio disto tudo vem mais uma vez a de cima a cobiça de quem tem um pouco mais e a ganância de ter mais do que merece pois muitas das vezes nada fazem para o merecer.
Sem imagem de perfil

De jose a 10.08.2011 às 11:58

respondendo a A...concordo com os teus comentarios. Devem os jovens exigir concsientemente melhor distribuiçao de riqueza, respeito pela natureza, pelo proximo, contra a violencia ...etc. Só não entendo porque estes jovens que se manifestaram de uma forma pacifica aparentemente desistiram. Há que insistir..todos os dias. De outra forma foi algo apenas passageiro...
Imagem de perfil

De r_ponte a 10.08.2011 às 15:21

Quando estas manifestações se virarem contra os politicos, e há-de chegar o dia, eles vão entender que não podem mais enganar o Povo, pois em nome de uma democracia, favorecem e estão submissos ao capitalismo selvagem que nos fez chegar a esta situação. Quem não se lembra dos chavões dos partidos de esquerda no pós revolução? É tudo farinha do mesmo saco, e o Povo é quem paga esta situação
Sem imagem de perfil

De José Antunes a 10.08.2011 às 16:25


Os jovens que acamparam em Madrid , estão a ser instrumentalizados e já deviam ter percebido isso. Até defendo a luta deles , mais , acho que essa não é só uma luta deles mas sim de toda uma sociedade explorada e alvitrada por especuladores sem escrupulos. No entanto , durnate esta semana , este mesmo movimento estava a manifestar-se contra a proxima visita do PAPA a Espanha , o que demonstra que grupos de esquerda e anarquistas se introduziram nesses movimentos e estão a politizar os mesmos .
Sem imagem de perfil

De andre a 10.08.2011 às 23:02


 Estao a politizar?
 Mas se e uma quetaso politica... Politica e o que concerne a relaçao entre as pessoas no campo economico e social, logo de partida e uma questao politica. E mais, a propia visita do papa o demonstra, pois que o papa senao um representante de uma grande multinaconal?
 Isso de apolitico e discurso de direita, que com essa justificaçao quer deixar tudo igual, pois assim tudo e criticavel, porque estao a politizar... Adizer isso e assumir uma postura ``politica, inventada para desconcertar as lutas sociais, que sao politicas....
 E a esquerda de verdade sempre defendeu um mundo justo e equanime.  Que e o vaticano senao uma das maiiores agencias bancarias do mundo. O ano passado ganhou milhoes, e eles propios formam parte do FMI. Veja o que o Fmi fez ao longo de decadas desde que foi formado. Sera que o vaticano nao se mete em questoes politicas. E claro que sim. E e mais que obvio que tudo isto sao questoes politicas, portanto dizer que estao a politizar e uma maneira de desunir, e so isso. Quem nao ve, das duas uma : ou esta mal imformado sobre que e politica (nao e so debater questoes no parlamento), ou um dos que tem interesse em  manter o actual estado de coisas...
Sem imagem de perfil

De José a 11.08.2011 às 21:06


Depois de ler o seu comentário , francamente fiquei com a certeza que vive num mundo paralelo, cheio de esquemas e talvês até "marcianos". Em x de falar de Warren Buffet , da Modys , de alguns ivestidores norte-americanos ( e europeus tb) que estão a comprar dividas publicas a juros astronómicos e empresas europeias ao preço de saldo , vê o inimigo no Vaticano.É livre de o fazer mas deixe que lhe diga ....está enganada (o).
Sem imagem de perfil

De andre a 12.08.2011 às 01:45


 Ja alguma vez foste a net ver onde esta sediado FMI e que bancos o compoe? Acho que nao. Mas faz isso, so por curiosidade e logo me diras. Ja ouviste falar no Banco Ambrosius? Nao me parece, investiga na net e logo veras...  Nao so a Moodys ( alias esta faz o trabalho de deitar abaixo para que os outros  ( como a Santa Se) venham para conquistar. Le a historia do primeiro Joao Pauloinvestiga o escandalo dos anos 60s, 70s em que o Vaticano e posto em confronto com provas que ligam  esse estado as mafias de Chicago, apenas te peco que percas uma meia hora a ver na net. E ja agora sabes quem detem o maior numero de imobiliario em Roma? Investiga, peco-te, e ja agora o so por curiosidade o lindo passado de Ratzinger
 Vais ver entao se sao marcianos ou terrestres
 Andre

Comentar post




Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho