Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Faz hoje 100 anos que 3 crianças alegaram ter visto na Cova da Iria, concelho de Ourém, uma senhora, que afirmaram ser a mãe de Jesus Cristo. Ao longo de 2000 anos de cristianismo, o Vaticano reconhece apenas 16 aparições de "Nossa Senhora" pelo Mundo. Em Portugal há relatos de outras aparições da "Virgem Maria" e videntes que continuam a mobilizar milhares de peregrinos, algumas delas apoiadas pela Igreja. 

Uma dessas aparições aconteceu 3 dias antes da que ocorreu na Cova da Iria, no lugar do Barral, uma aldeia no meio das montanhas, em Ponte da Barca.  A notícia circulou pela aldeia, mas o acontecimento acabou por ficar esquecido. Depois do 25 de Abril de 1974, a Igreja Católica decidiu investigar o relato para saber se valia a pena iniciar o processo eclesiástico de reconhecimento da aparição mas não houve avanços. Para a Igreja estes "milagres" têm de ser raros, para não se banalizarem. Também por lá se comemorou o centenário dessas alegadas aparições.

Ontem e hoje milhares estão em Fátima para assinalar o centenário das aparições. Este ano com a presença do Papa Francisco, que veio canonizar 2 dos pastorinhos, por terem supostamente feito um milagre - uma criança brasileira chamada Lucas que os médicos não acreditavam que recuperasse duma queda de 6,5 m.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:31




Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho