Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ontem houve eleições primárias no Partido Socialista Operário Espanhol. Quase 148 mil militantes foram votar e venceu o anterior secretário geral, Pedro Sánchez, com 50 % dos votos. A grande adversária nestas primárias foi Susana Díaz, presidente da Comunidade Autónoma da Andaluzia, que alcançou 40,18%.  Em 3º lugar ficou Patxi López, ex-presidente do Governo Basco, com 10%.

Com este resultado o PSOE volta a virar à esquerda, lutando para vir a derrubar o governo de Mariano Rajoy. 

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:12

Donald Trump está em Riade na sua 1ª viagem ao estrangeiro. A 1ª Dama acompanhou-o na viagem e quando desceu do Air Force One não trazia um véu. 

Na pista do aeroporto estava a esperá-los o Rei Salman bin Abdulaziz Al Saud, de 81 anos. O rei condecorou Donald Trump com a medalha do rei Abdullaziz, a mais importante condecoração civil da Arábia Saudita.

O ano passado Barack Obama também esteve por lá e não foi tão bem recebido.

Também os acompanham nesta viagem Ivanka Trump, a filha mais velha, que é conselheira na Casa Branca, e o genro, Jared Kushner. Parece que Jared Kushner teve uma intervenção decisiva para fazer avançar o acordo para a venda de armas e material militar americano ao reino saudita, incluindo 150 helicópteros Blackhawk, num valor superior a 110 mil milhões de dólares.

Hoje, Trump irá participar numa cimeira com outros países da região. Na 2ª feira partirá para Israel, onde irá visitar Telavive e Jerusalém, passando também pela Cisjordânia. Depois irá ter um encontro com o Papa no Vaticano e, na 5ªfeira, encontros com líderes da União Europeia e a cimeira da NATO, em Bruxelas. Na 6ª feira, Trump estará na Sicília para participar na reunião do G-7.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:51

Não renunciou

20.05.17

Continuam os escândalos no  Brasil. A corrupção está por todo o lado. Está difícil encontrar um político que não esteja envolvido em actos de corrupção. As conversas entre empresários e políticos onde se fala de negociatas são gravadas e acabam por aparecer na comunicação social.

Agora ficou-se a saber que o presidente recebeu em sua casa às 11h da noite um empresário que é alvo de 5 operações da Polícia Federal que apuraram o pagamento de milhões de reais entregues a autoridades públicas, inclusive a aliados do próprio presidente.

Michel Temer na 5ª feira falou ao país e disse que não renuncia e que não fez nada de errado.

Os brasileiros estão na rua a exigir a demissão do presidente. 

A presidente deposta já se pronunciou sobre toda esta polémica. Para Dilma Rousseff, "A única saída para a crise é eleições directas, já!". Se calhar, se os brasileiros forem a votos, não me admirava nada que ela vencesse.

Vamos seguir as cenas dos próximos capítulos para ver o que isto vai dar.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:29

Ontem na Câmara de Representantes, o congressista democrata Al Green pediu o Impeachment do presidente Donald Trump - "I rise today...to call for the impeachment of the President of the United States of America for obstruction of justice."

Este pedido surde por causa do pedido de demissão do director do FBI James Comey por Trump, que segundo Green excedeu os direitos do presidente.

O presidente diz que está a ser vítima de um "tratamento injusto", numa altura em que também tem sido acusado de ter  transmitido segredos à Rússia.

As sondagens já dizem que cerca de 48% dos eleitores dos EUA concordam que Trump deve ser destituído.

Parece que, se calhar, Donald Trump não vai ficar muito mais tempo na Casa Branca.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:34

O presidente Emmanuel Macron, que entrou em funções no domingo, já escolheu o novo primeiro ministro. O escolhido foi Édouard Philippe, um apoiante do derrotado candidato nas primárias do partido Republicano, Alain Juppé, presidente da câmara de Bordéus e ex-primeiro ministro.

Édouard Philippe era deputado e presidente da câmara de Havre, na Normandia.

Depois de ter dividido os socialistas, em que muitos dos apoiantes de Hollande votaram nele, agora vira-se para a direita e também os quer dividir. Até cheguei a pensar que um dos apoiantes de Hollande fosse o novo primeiro ministro.

Ontem depois de anunciar o nome do novo primeiro ministro partiu para a primeira visita ao exterior. Como não pudia deixar de ser foi até Berlim para se encontrar com Angela Merkel. Ao que parece a reunião correu bastante bem.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:03

Emmanuel Macron obteve 66% nas presidenciais francesas mas a abstenção bateu um recorde desde 1969  - 25,3%. Foram votar 47,6 milhões de eleitores, 12 milhões abstiveram-se e 4,2 milhões foram votar mas votaram nulo ou em branco. Em Macron votaram 20,5 milhões (43% dos inscritos) e 10,7 milhões votaram em Le Pen (23% dos inscritos).

Apenas 4 em cada 10 eleitores votaram no futuro presidente francês. A festa de Macron foi junto ao Louvre.

Há 5 anos havia uma grande esperança em Hollande e depois foi a desilusão. Agora o que fará Macron? Já para o mês que vem há eleições legislativas e o novo partido de Macron deverá ter um excelente resultado. Quanto a Le Pen parece que vai deixar a Frente Nacional e criar um novo partido. Vamos lá ver o resultado que os socialistas vão obter.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:14

Le débat

04.05.17

Ontem decorreu o debate que pode decidir quem irá ganhar as eleições presidenciais franceses. 

Do lado da situação, mais à direita, esteve Emmanuel Macron. Marine Le Pen, apesar de ser de extrema direita, esteve bastante mais à esquerda, piscando o olho aos votantes dos candidatos de esquerda, derrotados na 1ª volta. Os 2 candidatos têm ideias bastante diferentes para a França.

Apesar de Macron, ex-ministro da economia durante o governo de Manuel Valls ente 2014 e 2016, ter conseguido chegar à 2ª volta com os votos do centro esquerda, pareceu ontem que vai governar com políticas bastante liberais.  Marine Le Pen conseguiu mostrar isso no debate, o que pode levar a que muitos franceses agora deixem de votar Macron.

Só nas questões do terrorismo e da imigração é que Le Pen se mostrou mais à direita que Macron.

Eu se fosse francês iria votar no domingo mas não conseguiria votar em nenhum dos candidatos. Deve haver muitos franceses que no domingo votarão em branco. A abstenção também deve ser bastante maior que na 1ª volta.

Vamos lá ver se haverá surpresas.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:10

Não houve surpresas nas presidenciais franceses. As sondagens desta vez acertaram - Macron ganhou com 23,85 e Le Pen ficou com 21,7%. Os derrotados foram François Fillon, com 19,8%, Jean-Luc Melenchon, com 19,2%, e 
Benoît Hamon, com 6,5%.

Nenhum dos derrotados anunciou apoiar Le Pen, pelo que o próximo presidente de França já está escolhido -
Emmanuel Macron. A 2ª volta é no dia 7 de Maio.

Muitos comentadores falam da derrota do partido socialistas e da direita mas quem apoiou mais Macron foi o governo dos socialistas e alguma direita, desiludida com Fillon.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:34

Tout ouvert

22.04.17

As últimas sondagens, divulgadas ontem, dizem que os 4 candidatos principais Le Pen, Macron, Fillon e Mélenchon, terão entre os 18,5 e os 25% das intenções de voto, o que acaba por deixar tudo em aberto para domingo.

Tudo aponta para que Le Pen e Macron passem à 2ª volta mas podem haver surpresas. A abstenção deve ser grande e Mélenchon, o candidato da extrema esquerda, tem vindo a subir muito nas sondagens.

O atentado de 5ª feira à noite nos Campos Elísios também pode influenciar os franceses. Ontem a maioria dos candidatos só falavam em fecho das fronteiras.

E se as sondagens estiverem erradas? Nos últimos tempos tem havido muitas surpresas.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:45

Falava-se que por estes dias podia haver atentados terroristas em França, a poucos dias das eleições presidenciais. Ontem às 21h de França, menos 1 horas em Portugal, nos Campos Elísios, um homem saiu de um carro com uma arma automática Kalashnikov e começou a disparar.

As autoridades não descartam a possibilidade de atentado terrorista. Um polícia morreu, outros dois ficaram feridos mas o atacante morreu. O atacante parece que já estava referenciado pela polícia. Há notícias que havia outra pessoa envolvida no tiroteio.

Certamente que este ataque vai ter influências no acto eleitoral do próximo domingo.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:38



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho