Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Conseguiu

05.12.17

Esteve muito tempo à espera de apoios e só mesmo a poucos dias da eleição anunciou a candidatura. Ontem foi a eleição e conseguiu. Mário Centeno vai ser o novo presidente do Eurogrupo.

O que Portugal irá ganhar com Centeno à frente do euro grupo? Centeno só vai ser o porta-voz dos ministros das finanças do euro. Quem continuará a mandar na política monetária da zona euro vai ser a Alemnha, mesmo com Angela Merkel fragilizada. Também vamos ver como a União Europeia irá lidar com o Reino Unido de fora.

Ontem, na conferência de imprensa onde foi anunciado que seria o novo presidente do Eurogrupo, Mário Centeno disse que a sua eleição deve ser vista como "uma distinção sem paralelo para o país", só possível devido a essa política de "credibilização", e que em nada altera os princípios que têm vindo a ser seguidos na governação nacional.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:11

O Orçamento para 2018 está aprovado, mais uma vez com o apoio da esquerda parlamentar. No entanto, no discurso final, Mariana Mortágua veio acusar o governo de "não honrar a palavrada".

Em causa está o recuo do governo na aprovação de uma proposta do Bloco, relativa a uma contribuição a pagar pelas empresas de energia renovável. Na 6ª feira o PS aprovou a proposta, ontem decidiu pedir nova votação e votou contra, chumbando a medida. O PS fica muito mal visto. Carlos César diz, no entanto, que o PS não é refem de nenhuma empresa. 

Durante o fim de semana, muitos devem ter sido os protestos da EDP. Esta era uma "oportunidade" para o país baixar a factura da electricidade para as famílias e as empresas.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:03

A actuação do governo foi legitimada no Parlamento com a não aprovação da Moção de Censura - 105 votos a favor e 122 contra. Até o PAN votou contra.

O partidos mais à esquerda criticaram as políticas do governo de Passos Coelho, com destaque para os 4 anos de Assunção Cristas à frente da pasta da agricultura. No PSD foi muito aplaudido o discurso do ex-líder parlamentar Luís Montenegro. O discurso final por parte do governo foi de Capoulas Santos.

Ao longo de 43 anos, esta foi a 28ª moção de censura mas só iuma deitóu o governo abaixo - em 1987 apresentada pelo PRD e que derrubou o governo minoritário de Cavaco Silva. No último governo foram apresentadas 5 moções de censura (2 pelo PCP, 1 pelo PEV, outra pelo Bloco e 1 pelo PS).

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:57

Abraço emotivo

22.10.17

Constança Urbano de Sousa esteve na tomada de posse dos novos ministros. Marcelo Rebelo de Sousa, no final, deu um demorado abraço emotivo à ex-ministra.

Constança Urbano de Sousa.png

Que significado dar a este abraço? Será que Marcelo considera que a demissão não foi justa? No entanto, durante a semana, Marcelo deu a entender que a ministra devia ser demitida.

Constança Urbano de Sousa ficou muito emocionada e vieram-lhe as lágrimas aos olhos. Vou ter saudades desta ministra, com quem não tinha simpatizado no início do mandato. A política deve ser feita com emoção.

Agora vamos ver o que vai acontecer no próximo Verão, depois das medidas tomadas pelo governo que vão custar muito dinheiro. Se o tempo não ajudar e os portugueses continuarem a não ter cuidado com a floresta, dificilmente não voltará a haver devastadores incêndio em Portugal.

 

Foto do site do Observador.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:14

Capa vergonhosa

20.10.17

capa da revista Sábado desta semana é vergonhosa - "Boas Férias" com a foto de Constança Urbano de Sousa.

Foi graças a uma jornalista do grupo Cofina, que a ex-ministra da Administração Interna declarou na 2ª feira que "Demitir-me? Seria mais fácil, pessoalmente, ir-me embora e ter as férias que não tive." Esta declaração e a comunicação ao país de Marcelo Rebelo de Sousa foram o rastilho para a demissão de Constança Urbano de Sousa.

É triste que tenha de se arranjar um culpado à força para a catástrofe do passado domingo. Será que por causa da saída da ministra nunca mais vão ocorrer incêndios como os deste ano?

Agora segue-se Eduardo Cabrita, na pasta da Administração Interna. O ex-ministro adjunto é promovido e toma posse no sábado de manhã. Terá uma comunicação social tão arrasadora como teve Constança Urbano de Sousa? Recorde-se que Eduardo Cabrita foi muito criticado quando presidiu à Comissão de Orçamento e Finanças e Administração Pública no parlamento e, numa das reuniões impediu o então secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, de falar, tirando-lhe o microfone.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:13

Volta-se a pedir a demissão da ministra da administração interna por causa da tragédia dos incêndios de domingo. O CDS até vai avançar com uma moção de censura.

Na 2ª feira a ministra falou à comunicação social e disse que a demissão "seria o caminho mais fácil", chegando a referir que assim iria ter as férias que não teve. Muitos criticaram a alusão às férias. Ontem a ministra não apareceu.

Junto ao Palácio de Belém, ontem à noite, alguns manifestaram-se e pediram a demissão da ministra.

Que culpa tem Constança Urbano de Sousa quando as pessoas fazem queimadas quando é absolutamente proibido fazê-las?

No sábado há um Conselho de Ministros extraordinário sobre o relatório da tragédia de Pedrogão. Claro que uma restruturação na Protecção Civil vai ter de acontecer.

 

adenda: Afinal a ministra esta manhã demitiu-se.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:02

Demagogia

10.10.17

O CDS vai propor para o Orçamento de Estado isenção de tributação para as horas extraordinárias. Assunção Cristas parece querer agora ser a rainha da demagogia.

cartaz do CDS.jpg

Certamente que a ideia foi de algum empresário apoiante do CDS. Com a isenção da tributação das horas extraordinárias os empresários teriam mais empregados a trabalhar mais do que horário legal de trabalho, acenando-lhes com  pagamento de menos impostos por esse trabalho.

Estou certo que os partidos de esquerda não vão estar de acordo com esta proposta. Manuela Ferreira Leite, ontem de manhã na TSF, qualificou a medida como não tendo "pés nem cabeça" e que "A demagogia está sem limites e é preciso travá-la".

 

Foto do site do CDS.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:23

Fim de uma era

04.10.17

Passos Coelho, com 53 anos, anunciou ontem à noite que se vai embora. Não estava à espera. Os resultados nas autárquicas não foram bons. Mas poderiam ser melhores?

Passos Coelho deixou de ser primeiro ministro a 26 de Novembro de 2015 e aguentou-se na liderança do partido por quase mais 2 anos. À frente do PSD estava desde 26 de Março de 2010

Pode haver já em Dezembro eleições directas. Rui Rio poderá se candidato. Também se fala em Luis Montenegro, o anterior líder parlamentar. Pedro Santana Lopes disse ontem na SIC notícias, que está a poderar se se candidata. E Paulo Rangel?

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:57

E agora?

03.10.17

Quem diria que os resultados nas eleições autárquicas iriam ter repercussões nacionais?

Ontem Passos Coelho admitiu que pode não vir a ser candidato nas próximas directas social democráticas. Já se fala em Rui Rio para se candidatar à lidernaça social democrata.

No PCP, o apoio ao governo fez segundo alguns comentadores, que votantes nos comunistas passassem para os socialistas. Parece que os portugueses não entenderam que a melhoria na qualidade vida se deve principalmente às medidas exigidas pelos partidos mais à esquerda para deixarem que o orçamento socialista fosse aprovado.

Eu acho que muitas das derrotas do PCP se devem ao Bloco de Esquerda, que vai roubando cada vez mais votos aos comunistas. É uma pena que não haja um entendimento à esquerda.

Também é de referir que em muitos locais o PCP, ainda continuava a liderar algumas câmaras por poucos votos e que como a abstenção diminuiu, a vitória tanto podia cair para o PCP, como para o PS.

No meu concelho, o PCP vai deixar de liderar a câmara. Não foi pelo carisma da candidata do PS, que os socialistas venceram a câmara. Vamos lá ver se o concelho vai modernizar-se na totalidade e não só na sede do concelho. Eu votei na mudança mas se calhar nas próximas autárquicas voto nos que agora perderam.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:21

O dia de hoje

01.10.17

Hoje o dia fica marcado pelo referendo na Catalunha. Também há um grande jogo em Alvalade, entre Sporting e FC Porto, com início às 19h15. Por cá, também é dia de eleições autárquicas.

Jornal Público 01102017.jpg

Por esta hora está decorrer o Grande Prémio da Malásia, com Lewis Hamilton, neste momento em 2º lugar, apesar de ter partido do 1º lugar da grelha.

Em relação ao referendo na Catalunha, a Guardia Civil não está a deixar os catalães votar, tendo invadido os locais de voto. A Euronews está em directo da Catalunha a seguir os acontecimentos - lamentável o que está a ser feito pelos espanhóis.

Quanto ao jogo de Alvalade, vai decidir quem continuará à frente da Liga e enhum dos 2 é favorito. No Placard, a vitória dos leões dá 2,48€, com o empate ganha-se 2,97€ e se os dragões vencerem 2,53€.

Relativamente às eleições, vou votar depois da Fórmula 1 e só seguirei a noite eleitoral depois do jogo entre Sporting e FC Porto.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:14



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho