Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A 1 mês das eleições legislativas de 4 de Outubro libertaram José Sócrates. Estava preso desde 21 de Novembro. Foram 288 dias em prisão preventiva.

A notícia surgiu no início dos noticiários das 20 horas, enquanto a RTP transmitia o jogo particular entre Portugal e a França. A data limite para reavaliar a prisão preventiva era 9 de Setembro, data do debate entre António Costa e Passos Coelho na RTP.

Segundo o juiz Carlos Alexandre "diminui o perigo de perturbação do inquérito". Há 3 meses, Sócrates tinha recusado ir para casa com pulseira electrónica. Agora fica em prisão domiciliar com polícia à porta.

O advogado João Araújo vai recorrer da decisão de prisão domiciliar - "devia ser libertado pura e simplesmente, com ou sem pedido de desculpas"

Como vendeu a sua casa na Rua Castilho, foi morar para casa da sua ex-mulher na Rua Abade Faria, entre o Areeiro e a Alameda.

Para além da polícia à porta, haverá também sempre jornalistas para tentar entrevistar quem for visitá-lo.

Nos próximos dias não se falará de outra coisa nas notícias. A pré-campanha ficará para 2º plano.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:49



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho




subscrever feeds