Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sócrates falou pela 1ª vez depois de ter sido libertado, numa espécie de conferência em Vila Velha de Rodão. Estava previsto que José Sócrates fosse na 5ª feira à TVI mas a entrevista foi desmarcada em cima da hora. 

O convite para ir a Vila Velha de Rodão, a porta do Tejo, foi feito em Junho quando António Carmona, presidente da assembleia municipal e da comissão política do PS de Vila Velha de Ródão, o visitou em Évora e lhe disse que no dia que ele quisesse explicar a sua versão sobre os acontecimentos que teria todo o gosto que ele viesse contá-la em Vila Velha de Ródão. A meio da semana Sócrates ligou-lhe para pôr a ideia em marcha para ontem à tarde.

No auditório da Casa das Artes de Vila Velha de Rodão, completamente cheio, não compareceram figuras públicas nacionais. Tal como eu, terão assistido em directo à transmissão num dos canais de notícias no cabo.

Durante 70 minutos criticou tudo e todos mas nada disse sobre as suspeitas sobre ele. Comparou o seu caso com o de Luaty Beirão, salientando que o luso-angolano está preso apenas desde Junho, enquanto ele esteve 11 meses e ainda espera a acusação. Também se referiu ao caso de um cidadão português que esteve preso preventivamente em Timor-Leste durante 5 meses sem ser acusado. 

Sobre política disse que os seus direitos políticos estão intactos e que deseja exercê-los, criticando a nomeação de Passos Coelho para primeiro ministro, sem ter maioria no parlamento. Lembrou que se demitiu quando teve a maioria contra ele no Parlamento.

Sobre a actuação da comunicação social no caso em que está envolvido foi também muito crítico.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:29



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho




subscrever feeds