Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Medidas anti-crise

por aespumadosdias, em 13.05.10

Esta manhã José Sócrates e Passos Coelho voltam a reunir-se para aprovarem as medidas para combater o défice das contas públicas e para que os especuladores bolsistas deixem de atacar o mercado português.

Segundo as notícias, o governo vai propor ao PSD uma subida do IVA em 1% em todas as taxas, no IRS é proposta a criação de uma nova taxa de 1% para quem recebe até 5 salários mínimos (2375 euros) e de 1,5% para quem recebe mais de 5 salários mínimos, é ainda criada uma nova taxa sobre as grandes empresas, que vão pagar mais de 2,5 pontos percentuais sobre os lucros e propõe também um corte de 5% nos salários de políticos, gestores de empresas públicas, de entidades reguladoras e empresas municipais. Quanto ao 13º mês, a proposta governamental não sugere quaisquer alterações, ao contrário do que se falava nos últimos dias.

Do lado da despesa, são avançadas algumas medidas, como cativações na aquisição de bens e serviços, corte de transferências para as autarquias, na ordem dos 100 milhões euros, e para as empresas públicas, de 150 milhões de euros e deixam de haver as medidas de apoio anti-crise, destinadas por exemplo à formação e ao pagamentos de salários a quem está em situação de "lay-off".

Com tudo isto, o governo pretende um encaixe financeiro de 1,7 mil milhões de euros, o que corresponde a uma redução de um ponto percentual do défice.

Entretanto Bruxelas acolhe "muito bem" o novo esforço português para cortar o défice.

Já em Espanha, o governo de Zapatero vai reduzir em 5% os salários dos funcionários públicos, 15% nos salários dos membros do Governo e de titulares de altos cargos políticos e acaba com uma das medidas mais emblemáticas que tinha tomado - o cheque bebé de 2500 euros. 

Mas será que estas medidas vão por a economia a crescer? Na minha opinião o que vai acontecer é mais desemprego e menos dinheiro para os portugueses, acentuando a crise. A boa notícia é que todos os portugueses, e não só alguns, vão pagar a crise.

 

ps: Sondagem sobre este assunto em voto.void7.com.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:16


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Rafeiro Perfumado a 15.05.2010 às 16:48

Tudo isto serão tiros de pólvora seca, se não se cortar na verdadeira raiz do problema, que é a despesa do Estado.
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 15.05.2010 às 22:35

Depende da despesa pública. Se for despesa no Serviço nacional de saúde, em obras públicas necessárias para o país ou para pagar subsídios de desemprego, o dinheiro é bem gasto.
Sem imagem de perfil

De Rafeiro Perfumado a 16.05.2010 às 11:31

Mas quer tu quer eu sabemos que a coisa não se processa assim, certo? ;)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day





Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D