Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Crise dos cereais

por aespumadosdias, em 30.04.08

É incrivel o que se está a passar. Vários países produtores de cereais impediram a exportação para evitar que as suas populações venham a sofrer, eventualmente, da falta de alimento. Quem sofre mais são as populações mais pobres do mundo que vão deixar de ter possibilidade de se alimentarem minimamente. Já há alguns levantamentos sociais um pouco por todo o mundo.

Com tudo isto, as Nações Unidas estão enfrentar muitas dificuldades para poderem distribuir alimentos, pois não têm capacidade financeira para aguentar o aumento dos preços.

No entanto, há muita gente nos países desenvolvidos a enriquecer à custa da especulação dos preços. Deixaram de investir no mercado imobiliário, que está em crise, e passaram a especular no preço dos ceriais.

Este mundo capitalista, onde só se pensa no lucro, onde nos irá levar?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:59


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Cláudia a 30.04.2008 às 10:59

Tens toda a ra~zoa.
Nao sei onde vamos parar assim.
Sem imagem de perfil

De não digo a 30.04.2008 às 23:50

Longe não será certamente! Até porque importamos muito do que comemos, com tanto Alentejo ao abandono, e nas mãos dos espanhóis, onde se podiam produzir cereais! Já para não falar no arroz, que cada vez se produz menos neste país. Até se tem de deixar de produzir arroz aqui por estas bandas para se fazer novo aeroporto, não vão os maçaricos fazer acidentes. Precisamos mais de aviões no ar, que de arroz para alimento!
É o que dá, tanto desgoverno!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day


Tira do Armandinho




Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D