Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sem comparticipação

por aespumadosdias, em 09.09.11

Ontem surgiram mais medidas de redução dos gastos no sector da saúde. Para além de 3 vacinas, dos medicamentos para os asmáticos, vão deixar de ser comparticipadas as pílulas contraceptivas. Será que esta é a medida para que a taxa de natalidade aumente em Portugal? Cá para mim vai aumentar sim o número de interrupções voluntárias da gravidez.

O governo fala que sempre se pode ir aos centros de saúde, onde nas consultas de planeamento familiar continuam a ser dadas as pílulas. Mas terão os centros  condições para responder a uma procura maior?

As manifestações que estão anunciadas para os próximos tempos não deverão ser só desfiles e palavras de ordem contra as medidas que este governo anda a tomar. Por alguma razão Passos Coelho já veio falar em possíveis "tumultos" e em "incendiar" ruas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:52


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Rafeiro Perfumado a 09.09.2011 às 13:09

Sou defensor de que, como estamos, há que fazer sacrifícios para recuperarmos a nossa economia. Mas têm de ter cuidado com os cortes cegos, que podem trazer mais prejuízo do que benefício. Estes cortes, especificamente, são no mínimo zarolhos...
Sem imagem de perfil

De Orquídea Selvagem a 09.09.2011 às 13:48




Ontem estive a ver um bocadinho de um debate em que participou a Helena Roseta.
Ela estava super zangada com essa medida que, a ser adoptada pelo governo, será um retrocesso nas conquistas das mulheres.


Estou com o amigo Rafeiro, os cortes têm de ser feitos (e não adianta gemer) o pior são os cortes que geram uma poupança de "peanuts"  e causam transtornos desnecessários.


Só para ser "mázinha" eu até diria que talvez seja desta que a natalidade aumenta mesmo!
(LOL)


Tudo de bom!  :)
Sem imagem de perfil

De stiletto a 09.09.2011 às 22:42

Afinal o Ministério da Saúda veio dizer que essas medidas ainda estão a estudadas. Parece que não gostaram da contestação que já se fazia sentir. Ainda por cima só iam, ao deixar de comparticipar as pilulas, só iam poupar uns trocos.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day





Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D