Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Polémica

por aespumadosdias, em 16.12.11

O PS nesta legislatura tem alguns deputados que não têm problema em dizer o que pensam, mesmo sendo politicamente incorrectos. Um desses deputados é João Galamba e ontem nas notícias falou-se muito no até agora desconhecido Pedro Nuno Santos.

Num jantar de Natal do PS de Castelo de Paiva, realizado no sábado, Pedro Nuno Santos disse que:

"Estou-me a marimbar para o banco alemão que emprestou dinheiro a Portugal nas condições em que emprestou (...) Estou-me maribando que nos chamem irresponsáveis. Nós temos uma bomba atómica que nós podemos usar na cara dos alemães e franceses. Essa bomba atómica é simplesmente não pagamos (...) ou os senhores se põem finos ou nós não pagamos (...) e se não pagarmos a dívida e lhes dissermos, as pernas dos banqueiros alemães até tremem."

Muitos acharam estas declarações incoerentes, infelizes e irresponsáveis. Eu, pelo contrário, não achei. 

Renegociar a dívida é um acto imperativo e urgente! Se isso não acontecer onde Portugal irá parar?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:45


2 comentários

Imagem de perfil

De Kok a 16.12.2011 às 13:06

Eu nem acham que sejam "declarações irresponsáveis".
Acho que são uma palhaçada de alguém que se quer mostrar a qualquer custo.
E isso, numa pessoa que foi votada (ainda que "ao molho" num lote de um partido), para que represente quem "nele" votou na assembleia da república, não está correcto.
Um deputado não é (não pode nem deve ser) um "palhaço".
Este senhor não está de acordo, agora?
Então onde estava e o que disse, falou, discutiu, apreciou, barafustou, e sei lá mais o quê, quando soube do acordo que o PS (também) iria assinar?
Alguém lhe sentiu o pio?
Digo tudo isto desassombradamente e independentemente dele ser do PS.
Digo-o em relação a qualquer um que tenha comportamentos idênticos, venham eles de onde vierem.
Os partidos que não assinaram, não assinaram mas nem isso lhes dá o direito de proferirem disparates destes. Fazem-no mas não deviam.
Por maioria de razão, os que assinaram o acordo menos justificação têm para o fazerem.
Negociar (ou ir negociando) o que está acordado, sim! Por isso é que existem acordos e as respectivas negociações.
Tudo o resto é folclore que em nada nos ajuda.
Nem como país, nem a cada um de nós, cá dentro!

Eh pá, estiquei-me! Sorry!

1 abraço!
Sem imagem de perfil

De Orquídea Selvagem a 18.12.2011 às 01:28

Eu até acho que ele tem razão no que disse... mas não concordo em absoluto com a Forma como o disse.

Não tem nada a ver... mas sabes que de repente me lembrei do Tino de Rans?
hehehe

Beijinhos  :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day





Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D