Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hollande en tête

por aespumadosdias, em 23.04.12

Foi pequena a diferença de votos entre François Hollande (28,6%) e Nicolas Sarkozy (27%) na 1ª volta das presidenciais francesas. A grande surpresa foi o resultado de Marine Le Pen da Frente Nacional com 19%. Já Jean-Luc Melenchon, o candidato mais à esquerda, obteve só 10,8% e o centrista François Bayrou garantiu 8,9%. A candidata dos Verdes, Eva Joly, alcançou 2%.

Destaque também para o valor da abstenção que ficou só em 19,2%.

Com estes resultados conclui-se que os franceses, apesar de dar a vitória ao socialista François Hollande, votaram mais à direita (54,9%). Agora falta saber se os que votaram nos candidatos derrotados da direita votarão em Sarkozy no dia 6 de Maio. Os candidatos mais à esquerda já disseram que vão apoiar Hollande.

Nos próximos dias a demagogia por parte de Sarkozy vai ser mais que muita para ganhar o maior número de votos, tanto à direita como ao centro.

No entanto, sondagens divulgadas ontem dão a vitória a Hollande com 54% dos votos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:19


3 comentários

Sem imagem de perfil

De stiletto a 23.04.2012 às 23:19

A banda sonora está gira mas agora o assunto deste post... então se os portugueses não se interessam pela política interna, como se pode ver pelas taxas de abstenção, achas que se iam interessar pela política francesa?!
E quem sabe se o futuro presidente francês não será muito importante para o futuro da Europa, no geral, e mesmo pelo futuro de Portugal, em particular?!
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 23.04.2012 às 23:57

Já não está a tocar a playlist só com música francesa. Aproxima-se o 25 de Abril e por isso aqui toca Zeca.
Sem imagem de perfil

De Orquídea Selvagem a 24.04.2012 às 10:35

Como ainda ontem tive a oportunidade de dizer noutro blog, neste momento não queria ser francesa para ter de decidir em qual os dois candidatos votar. Aliás a situação francesa não é muito diferente da que se passa normalmente em Portugal, em que é difícil escolher entre o mau e o sofrível.


A situação económica à escala global é tão má que o descrédito na classe política é inevitável e gritante.




Beijinho.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day





Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D