Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Arquivado

por aespumadosdias, em 22.07.08

Já se estava à espera.

Quando não se consegue arranjar provas que levem à culpa de um arguido, surgem fugas de informação por parte da Polícia Judiciária para que na praça pública fique a ideia de que são culpados. Foi isto o que aconteceu no caso Maddie.

Agora fica para sempre a dúvida se o casal McCann é ou não culpado pelo desaparecimento da filha.

A imagem de Portugal fica para sempre afectada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Gi a 22.07.2008 às 12:52

Euacho que certos países são escolhidos de propósito. O nosso é um deles!
A Torre do Tombo é um grande arquivo , não achas?
Sem imagem de perfil

De Ju a 22.07.2008 às 17:40

Pois eu acho que serão sempre culpados.
Não se deixam 3 filhos tão pequenos em casa, sózinhos, para ir jantar com amigos.
Essa culpa é o maior castigo deles, e será uma companhia para o resto da vida.
Segundo consta, veio da polícia britânica a ordem dos cães farejadores de sangue humano, irem ao apartamento da Maddie.
Não sei, mas continuo a confiar muito na nossa Polícia Judiciária, são dos melhores do mundo.
E não fui eu que disse, é considerada como tal a nível internacional.
Não vão ser uns ingleses, arrogantes, despreocupados e irresponsáveis que me vão fazer mudar de idéias.


Xiça, que para comentar aqui quase que tenho de colocar cópia do recibo do ordenado!
B.Ju
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 22.07.2008 às 18:25

Olá!
Concordo com a 1a parte do teu comentário. Eles parecem-me ser culpados, principalmente o pai. Só que a PJ tem de arranjar provas para sustentar tais conclusões.
Já tirei as letras dos comentários. Agora deve ser mais fácil comentar.
Volta mais vezes.
Beijos.
Sem imagem de perfil

De Pipas a 22.07.2008 às 18:19

De facto é um caso muito mal explicado, o que realmente aconteceu?
De quem foi a culpa?
Enfim, triste é a pobre da criança que desapareceu, não se sabe com que fim, agora acho que tanto a nossa polícia como a Inglesa fizeram tudo o que lhes era possívelpara resolver este caso.
Má foi sem dúvida a actuação dos média sensacionalistas, tanto Portugueses como Ingleses que se aproveitam da desgraça alheia para se "encherem" de dinheiro.
Fica bem
Abraço
Pipas
P.S. Em relação à festa do Avante, este ano provavelmente não devo de ir, mas ainda não tenho certeza.
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 22.07.2008 às 18:28

A comunicação social, como é habitual nestes casos, comportou-se muito mal.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day





Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D