Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Idai devastador

20.03.19

Moçambique foi devastado pelo ciclone Idai na passada 6ªfeira. Só na 2ª feira começámos a perceber a devastação causada, principalmente na Região da Beira. O ciclone criou “oceanos interiores que se estendem por quilómetros e quilómetros” no centro de Moçambique, com a água de dois rios, o Púnguè e o Búzi, a extravasarem as margens .

A ONU fala numa das piores tempestades de sempre no Hemisfério Sul.

O chefe de estado moçambicano fala em mais de 200 mortos. E o pior ainda está para vir.

O Idai foi inicialmente uma depressão tropical que se formou na costa leste de Moçambique a 4 de Março e atingiu Moçambique no final do dia, onde permaneceu como um ciclone tropical durante toda a sua caminhada por terra. No dia 9 de Março, ressurgiu no Canal de Moçambique e passou para Tempestade Tropical Moderada Idai no dia seguinte. Começou então a intensificar-se rapidamente, tornando-se num ciclone tropical com ventos de 175 km/h a 11 de Março. Voltou a enfraquecer e a 14 de Março voltou a atingir a intensidade máxima com ventos máximos sustentados de 195 km/h e uma pressão central mínima de 940 hPa. Depois enfraqueceu à medida que se aproximava da costa de Moçambique. A 15 de março, Idai atingiu terra firme perto da Beira.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:32




Astronomy Picture of the Day