Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Jantar no Panteão

por aespumadosdias, em 12.11.17

A Web Summit já acabou mas continua a ser notícia. Tudo por causa do jantar que assinalou o encerramento da Web Summit, que decorreu no Panteão Nacional. 

jantar da Web Summit no Panteão.jpg

O primeiro ministro já veio dizer que "a utilização do Panteão Nacional para eventos festivos é absolutamente indigna do respeito devido à memória dos que aí honramos". O Governo já veio anunciar que vai proceder à alteração do despacho do anterior governo, para que situações semelhantes não voltem a repetir-se.

Paddy Cosgrave, o organizador da Web Summit, já veio pedir desculpa aos portugueses e explicou que como irlandês encara culturalmente a morte de forma diferente dos portugueses. Recordou ainda que no ano passado, o jantar mais importante dos founders aconteceu na Catedral de Christ Church, em Dublin, na maior cripta do Reino Unido e da Irlanda.

A utilização do Panteão Nacional e de outros 22 espaços foi aprovado em Junho de 2014, pelo então secretário de Estado da Cultura Jorge Barreto Xavier, e está prevista no Regulamento de Utilização de Espaços nos Serviços Dependentes e nos imóveis afetos à Direção-Geral do Património Cultural.  No Panteão Nacional os preços variam entre os 750 e os cinco mil euros, nos claustros do Mosteiro dos Jerónimos, um jantar pode custar 40 mil euros e na Torre de Belém, os preços variam entre os 1500 e os 7500 euros.

O PSD pede demissões de quem aprovou a decisão de promover o jantar que assinalou o encerramento da Web Summit no Panteão. Já o Bloco, dá os parabéns ao Governo por ir mudar as regras mas critica o que aconteceu no Panteão Nacional, salientando que este tipo de situações só acontecem porque "há uma combinação de falta de bom senso e sofreguidão de obter receitas face a uma sub-orçamentação tão grande da gestão destes monumentos no âmbito da política cultural do país".

O problema é esse mesmo - não há dinheiro para a manutenção dos equipamentos culturais e quando surge uma oportunidade de obter algum, nem se pensa se o que lá se irá realizar é digno ou não. Outra questão - será que o ministro da cultura foi informado?

 

Foto daqui.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:29


2 comentários

Imagem de perfil

De Charneca em flor a 12.11.2017 às 10:10

Realmente, o regulamento aprovado pelo anterior governo abriu a porta a estas situações. No entanto, no regulamento diz que a utilização proposta tem que ser aprovada logo para lá acontecer este jantar alguém teve que aprovar. Não sei se vai rolar a cabeça do Ministro mas, se calhar, a informação nem chegou até ele. E quantos jantares já houve naquele espaço sem que se soubesse publicamente?! 
De futuro, ou se reserva mais dinheiro para o Ministério da Cultura ou vamos ter que aceitar que estas situações se repitam. 
Eu fiquei muito chocada com este jantar, sou franca. Ainda por cima naquele espaço estão portugueses que ainda têm familiares vivos. O que é que eles terão sentido?
Eu nunca fui ao Panteão Nacional mas segundo sei há regras para as visitas nomeadamente a nível do silêncio. E depois faz-se lá um jantar. Não se compreende.
Sem imagem de perfil

De Ana a 18.11.2017 às 10:35

Confesso que acho que é uma polémica sem sentido. O organizador não tinha que pedir desculpa porque está na lei que se pode fazer, da mesma maneira que despedimentos também não fazem sentido.
Se alguém se lembrasse de fazer um jantar no cemitério onde tenho mais familiares, não me importaria nada. 

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day





Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D