Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Património da Humanidade

por aespumadosdias, em 28.11.14

O Cante Alentejano é um género musical tradicional do Alentejo, mais do Baixo Alentejo do que do Alto Alentejo. O canto começa sempre com um ponto dando a deixa, cedendo o lugar ao alto e logo intervindo o coro em que participam também o ponto e o alto. Quando terminadas as estrofes, o ponto pode recomeçar com um nova deixa, seguindo-se o mesmo conjunto de estrofes, podendo este ciclo repetir-se o número de vezes que os participantes desejarem.

Cante Alentejano

Antigamente no cante participavam ambos os sexos enquanto trabalhavam na lavoura. Outro cante existia em casa, onde participavam principalmente as mulheres e também crianças.

Com a introdução da mecanização na lavoura, o aparecimento da rádio e depois da televisão, bem como do êxodo de muitos alentejanos para as cidades, ocorreu o decínio deste género musical.

Hoje em dia o cante sobrevive em grupos oficializados que o cultivam, mas já sem a espontaneidade de outrora. 

Desde ontem, a UNESCO considerou o Cante Alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Assim este belo género musical terá uma nova vida e recordará para sempre a vida dura do povo alentejano.

 

Foto do site do PCP.

 

Há 6 anos aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:14


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day





Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D