Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Menos de 2h

13.10.19

O queniano Eliud Kipchoge, com 34 anos, fez ontem os 42,195 km da maratona, em Viena, em apenas 1h59m40. A prova INEOS 1:59 Challenge foi organizada pela empresa de produtos químicos britânica Ineos e realizou-se em Viena por ser um local plano, com condições de clima e temperatura ideais para que a marca fosse alcançada.

No entanto o seu tempo não poderá ser considerado como novo recorde mundial, que também era de Kipchoge, obtido o ano passado em Berlim, quando cumpriu a distância em 2h01m39. 

O motivo foi terem sido violadas várias regras da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) - a prova tem de ser organizada sob a égide da IAAF ou pela Federação de Atletismo do país, as lebres não podem rodar entre si, entrando e saindo da prova, são obrigatórios controlos anti-doping, os abastecimentos têm de ser recolhidos nos pontos de recolha definidos pelas regras e não serem entregues diretamente ao atleta (Kipchoge recebeu das mãos do seu agente e de outros membros da organização abastecimentos a cada 5 km), terão de existir pelo menos 3 participantes para a distância completa, o atleta não pode ter um veículo a motor a controlar a sua velocidade e o percurso tem de ser medido e certificado por um oficial de medições.

Mais cedo ou mais tarde o recorde oficial da maratona vai baixar das 2h.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:01

Em Doha

06.10.19

Terminam hoje em Doha, no Qatar, os Mundiais de Atletismo. Este ano bem mais tarde do que é costume, talvez por causa do calor por aquelas paragens.

O Estádio Khalifa tem estado às moscas. Só no sábado, com a final do salto em altura, houve mais público. Venceu o atleta da casa Mutaz Barshim.

Nos 100 m masculinos, agora sem Usain Bolt, venceu o americano Christian Coleman. Nos 100 m femininos venceu a jamaicana Fraser-Pryce.

A prestação portuguesa foi modesta. Ontem Patrícia Mamona só conseguiu o 8º lugar no triplo salto. Nélson Évora não chegou à final e o cubano, naturalizado português, Pedro Pichardo, ficou-se pelo 4º lugar no triplo salto, no prova que disputou logo no 1º dia dos mundiais. Mas nos 50 km marcha, que se disputaram no sábado dia 27, João Vieira conseguiu a medalha de prata.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:17

Ontem choveu durante toda a prova dos mundias de ciclismo, que este ano decorreram na região do Yorkshire, em Inglaterra. Os 262 km começaram em Leeds e terminaram em Harrogate. Só no fim da prova é que houve imagens de helicópetro durante a transmissão televisiva e imagens das motos em partes do percurso também não houve.

O vencedor foi o dinamarquês Mads Pedersen, de 23 anos, ciclista da Trek Segafredo que fez os 262 km em 6h27m28s. Desta vez Peter Sagan só conseguiu o 5º lugar, a 43s do dinamarquês. Alejandro Valverde, o vencedor do ano passado, desistiu. Já Rui Costa conseguiu um honroso 10º lugar. Outro bom resultado luso foi o de Nélson Oliveira, 8º no contra-relógio da passada 4ª feira.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:20

Disputa-se hoje a última etapa da Vuelta a España, entre Fuenlabrada e Madrid (106,6 km). Ontem os ciclistas terminaram a etapa na Plataforma de Gredos, a Sudoeste de Ávila. O vencedor foi, pela 3ª vez nesta edição, o esloveno Tadej Pogačar, que assim roubou o 3º lugar a Nairo Quintana.

Primož Roglič, o outro esloveno, controlou a corrida, tendo ficado em 5º lugar, e perdendo apenas 9 segundos para Alejandro Valverde, que assim se vai contentar com o 2º lugar.

Primož Roglič, com 29 anos, vai assim vencer pela 1ª vez uma grande Volta, depois de ter conseguido este ano 3º lugar no Giro, vencido o Tour da Romandia, o Tirreno Adriático e o Tour dos Emiratos Árabes Unidos.

O português Ruben Guerreiro teve uma prestação muito boa, conseguido o 17º lugar, tendo feito um 2º lugar na etapa 15 e 4º lugar na etapa 8.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:48

Quase 5 horas

10.09.19

Este ano em Flushing Meadows, em Nova York, foi Rafael Nadal o vencedor do US Open, pela 4ª vez. O adversário na final foi o russo Daniil Medvedev.

O jogo, que se disputou na madrugada de domingo para 2ª feira, durou quase 5 horas, com os parciais de 7-5, 6-3, 5-7, 4-6 e 6-4.

Com a chegada à final, Medvedev subiu ao 4º lugar no ranking ATP, o mais alto de sua carreira. Já Rafael Nadal continua no 2º lugar do ranking mundial.

O nº 1 do mundo, Novak Djokovic, vencedor do ano passado, foi eliminado, em Flushing Meadows, na 4ª fase pelo suíço Stan Wawrinka.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:59

A Vuelta já vai na 12ª etapa. Ontem chegaram a Bilbau, com vitória do belga Philippe Gilbert da Deceuninck-Quick Step, que chegou às 10 vitórias em etapas de grandes voltas.

A camisola vermelha está no corpo do esloveno Primoz Roglic da Jumbo-Visma, com 1m52s de vantagem sobre o espanhol Alejandro Valverde, da Movistar. Em 3º lugar está Miguel Angel Lopez, da Astana, a 2m11s do 1º lugar e em 4º o colombiano Nairo Quintana, da Movistar, a 3m00s.

Hoje o ciclistas vão de Bilbau para o Alto de Los Machucos, a sudeste de Santander.

Os ciclistas chegarão a a Madrid no dia 15, depois de percorridas 21 etapas.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:53

Portugal com tradições no judo mundial conquistou pela 1ª vez um título mundial. Os mundiais estão a decorrer em Tóquio. Até este mundial, Portugal tinha conquistado 5 medalhas de prata e outras 5 de bronze.

Jorge Fonseca, de 26 anos, judoca do Sporting, que tem apostado muito na modalidade, venceu o russo Niyaz Ilyasov na final. Um grande campeão a todos os níveis.

Na 5ª feira Bárbara Timo, judoca do Benfica, tinha conquistado  a medalha de prata .

A Comitiva Portuguesa que está em Tóquio é composta por 18 judocas, a maior participação de sempre.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:14

Chega hoje ao fim a Volta a Portugal em bicicleta e ainda não se sabe quem vai vencer. Joni Brandão, ex-Sporting Tavira, agora na Efapel, vai de amarelo mas só tem centésimos de segundo de vantagem sobre João Rodrigues da W52 FC Porto, conseguidos no prólogo.

No prólogo, um contra-relógio de 6 km, Joni Brandão ficou em 8º lugar, com 2 segundos e alguns centésimos sobre João Rodrigues, 12º classificado. Hoje o contra-relógio entre Gaia e o Porto tem 19,5 km.

A camisola amarela esteve no corpo de ciclistas da W52 FC Porto até Montalegre. Primeiro foi Samuel Caldeira e depois Gustavo Veloso. Na 6ª etapa Gustavo Veloso caiu na chegada a Bragança e no dia seguinte não foi capaz de acompanhar Joni Brandão, o mesmo acontecendo com João Rodrigues. Ontem Joni Brandão, na Senhora da Graça, perdeu 1 segundo para João Rodrigues. Na Torre, João Rodrigues foi o 1º e Joni Brandão chegou 5 segundos depois.

Se tivesse a 100% Gustavo Veloso era o favorito para a vitória final mesmo estando a 40 segundos de Joni Brandão e João Rodrigues.

ps: E venceu João Rodrigues por 27 segundos, com muito apoio dos portistas. E no contra relógio os 2 primeiros lugares foram da W52 FC Porto.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:15

Foto do dia 224

02.08.19

Grande animação hoje em Santo António dos Cavaleiros, no final da 2a etapa da Volta a Portugal.

IMG_20190802_171108.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:38

Grande corrida

29.07.19

Que grande corrida ontem em Hockenheim, no Grande Prémio de Fórmula 1 na Alemanha. Tudo graças à chuva, com o Safety Car a ter de fazer muitas voltas à pista durante a corrida.

O Ferrari do alemão Sebastian Vettel partiu do último lugar mas chegou ao fim em 2º. O Mercedes do britânico Lewis Hamilton partiu em 1º mas terminou em 11º lugar. Já o Red Bull do holandês Max Versttappen partiu do 2º lugar, desceu alguns lugares mas chegou ao fim em 1º. O Toro Rosso do russo Daniil Kvyat ficou em 3º lugar. Desistiram por acidentes ao longo da corrida, todos na mesma curva, Charles Leclerc em Ferrari, Valtteri Bottas em Mercedes e Pierre Gasly em Red Bull.

A próxima corrida do Mundial de Fórmula 1 é já no dia 4 de agosto, na Hungria. Espero que volte a chover.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:54



Astronomy Picture of the Day