Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



No domingo esqueci-me da prova principal do campeonato do mundo de ciclismo, que decorreu em Innsbruck. Ontem ao ver a capa dos jornais desportivos deparei-me com a capa da Marca - Alejandro Valverde tinha vencido a prova.

Vi os últimos 30 km à hora de alomoço. Rui Costa, depois de muito tempo lesionado, esteve em destaque, terminando a prova num honroso 10º lugar.

A última subida, que chegou a ter uma parte com 28% de inclinalção, a poucos km da meta, foi espectacular.

Valverde impôs-se ao sprint ao francês Romain Bardet, ao canadiano Michael Woods e ao holandês Tom Dumoulin. O holandês, que fez uma espectacular época apesar de não ter conquistado nenhuma prova, conseguiu chegar aos fugitivos mas no sprint já não teve forças.

Valverde, com 37 anos, já tinha conseguido 2 segundos lugares, em 2003 e 2005, e 4 terceiros, em 2006, 2012, 2013 e 2014, tornando-se no 4 espanhol a conseguir ser campeão do mundo, depois de Abraham Olano, Igor Astaloa e Oscar Freire, este último por três vezes.

O tri-campeão do mundo Peter Sagan, dadas as características da prova deste ano não teve qualquer hipóteses, não tendo terminado a prova. Foi bonito ver Sagan a entregar a medalha de ouro a Valverde.

Para o anos os mundiais serão no Yorkshire.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:14

Somam e seguem

28.09.18

Na 4ª feira os comandados de Hugo Canela foram ao Dragão Caixa vencer o FC Porto. No sábado houve Liga dos Campeões e o Sporting venceu na Rússia o Chelhovski Medvedi, com o golo da vitória a surgir no último segundo através de um livre 9 metros marcado de uma forma inacreditável por Carlos Ruesga. Dá gosto ver a equipa do de andebol do Sporting jogar.

Na página do Youtube da EHF, o vídeo do golaço de Ruesga já tem 225 mil vizualizações, sendo o mais visto dos últimos meses.

Já amanhã o Sporting recebe os dinamarqueses do Bjerringbro-Silkeborg. Será que os leões conseguirão a 3ª vitória na Liga dos Campeões?

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:20

Terminou a Vuelta e mais uma vez, este ano, um ciclista britânico venceu a última das grandes provas do ciclismo mundial. Desta vez vez foi Simon Yates da Mitchelton Scott.

A Sky ficou muito abaixo das expectativas, sem a presença de Chris Froome e Geraint Thomas. O melhor classificado foi David de La Cruz, em 15º lugar.

A Movistar com 2 candidatos à vitória final também desiludiu - Alejandro Valverde só terminou em 5º lugar e Nairo Quintana em 8º lugar.

Uma surpresa foi ver a Quick Step a lutar pela vitória da Vuelta, com o espanhol Enric Mas a dar espectáculo, terminando em 2º lugar.

Agora em termos de ciclismo seguem-se os mundiais, em Innsbruck.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:09

Quem é Noami?

14.09.18

Muito se tem falado da final feminina do US Open mas pouco da vencedora. Noami Osaka venceu Serena Williams por 2 a 0, com 6-2 no 1º set e 6-4 no 2º set.

Noami Osaka tem 20 anos, chegou ao 17º lugar no ranking mundial a 23 de Julho e o US Open foi o seu primeira vitória num torneio Grand Slam. Noami nasceu em Osaka e é filha de pai haitiano e mãe japonesa. 

Na 4ª feira os americanos ficaram a conhecê-la melhor pois ela participou no programa de Ellen DeGeneres.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:21

Só se fala dela

12.09.18

Este ano a final do US Open mais comentada não foi a que deu a vitória de Djokovic frente a Del Potro. A final polémica foi entre Naomi Osaka e Serena Williams, ganha pela japonesa.

Mas quem foi o responsável por toda a polémica foi o árbitro, o português Carlos Ramos, que penalizou Serena Williams com um jogo por ela estar a receber instruções do treinador, depois de vários avisos.

O treinador reconheceu, depois da final, que de facto deu instruções à norte-americana durante o encontro.

Durante a final, Serena acabou por perder a cabeça garantindo a pés juntos não ter recebido instruções do treinador, chamando "ladrão" e "mentiroso" ao árbitro e exigindo-lhe, inclusivamente, um pedido de desculpas.

Muitos estão do lado de Serena e acusam o árbitro de sexismo e racismo mas também há que esteja do lado do árbitro. A Associação de Ténis Feminino está do lado de Serena, os árbitros apoiam Carlos Ramos.

Agora surgiu uma nova polémica por causa de um cartoon de Mark Knight, publicado no Herald Sun, que está a ser considerado "racista". No cartoon, Serena Williams aparece a saltar em cima da raquete, enquanto o árbitro fala com uma Naomi Osaka loira e diz: "Podes apenas deixá-la ganhar?". 

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:12

Ontem ao princípio da noite, em Portugal, início da tarde em Nova Iorque, o vimaranense João Sousa fez história no ténis nacional ao disputar os oitavos de final do US Open.

O adversário em Flushing Meadows foi o sérvio Novak Djokovic, um dos mais sérios candidatos a vencer o torneio. O jogo durou 2h com vitória do sérvio por 3 a 0, com os parciais de 6-3, 6-4 e 6-3. O 2º set foi o mais equilibrado, com João Sousa a estar na frente ao vencer por 2-1, com um break a zero muito aplaudido pelo público.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:38

Que grande corrida em Monza. Os Ferrari partiram dos 2 primeiros lugares mas logo na 1ª volta Vettel não conseguiu segurar o 2º lugar. Hamilton ultrapassou-o no limite, logo na curva 4 do circuito de Monza, fazendo com que o alemão tivesse de lhe bater e obrigando-o a ir às boxes para substituir a parte da frente do Ferrari.

Raikkonen, que tinha batido o recorde da pista de Monza no sábado, conseguiu manter-se no 1º lugar até à volta 45, quando faltavam apenas 8 voltas para o final.

Vettel terminou a prova em 4º lugar, depois de Verstappen ter sido penalizado com 5 segundos, depois de un incidente com Bottas, que ficou em 3º lugar.

No pódio, o piloto mais aplaudido foi Raikkonen, com Hamilton a ser bastante assobiado.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:17

Berlin 2018

13.08.18

Decorreram nos últimos dias os Europeus de Atletismo em Berlim. No final do dia de ontem ouviu-se o hino português no Estádio Olímpico. 

Nélson Évora conquistou o título que lhe faltava, saltando 17,10 m no 5º ensaio.

Na passada 3ª feira, Inês Henriques tinha também conquistado o ouro nos 50 km marcha.

Ontem também houve maratona pelas ruas de Berlim. Portugal já foi muito bom nesta prova mas este ano nem participou. No sector feminino venceu a bielorrusa Volha Mazuronak, que no início da prova teve uma hemorragia no nariz, sangrando abundantemete.Em masculinos, desta vez, não venceu nenhum atleta de origem africana naturalizado. O vencedor foi o belga Koen Naert.

Outro destaque foi a vitória do sueco Armand Duplantis, com apenas 18 anos, que se sagrou campeão europeu do salto com vara, conseguindo um salto de 6,05 m, batendo o francês Renaud Lavillenie, recordista mundial com 6,16m.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:15

Hoje os ciclistas da Volta a Portugal vão percorrer a 5ª etapa de 191,7 km entre Sabugal e Viseu. Amanhã é dia de descanso.

No sábado Rui Alarcon decidiu fugir nos últimos km da etapa que terminou em Oliveira do hospital e conquistou a camisola amarela. Ontem na subida final à Serra da Estrela, da Covilhã para as Penhas da Saúde, Alarcon deixou Joni Brandão isolar-se mas nos quilómetros finais foi atrás dele, acabando por ultrapassá-lo. Foi um final de etapa emocionante com algum público na Serra.

Rui Alarcon tem agora 52 segundos de vantagem sobre Joni Brandão e 1m41s sobre Vicente de Mateos. Vai ser complicado destroná-lo do 1º lugar, mesmo sabendo que ainda há muita montanha para trepar.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:20

80ª edição

01.08.18

Começa hoje em Setúbal mais uma edição (a 80ª) da Volta a Portugal em bicicleta. Os ciclistas vão percorrer em contra-relógio 1,8 km no centro da cidade.

A grande novidade deste ano são as primeiras etapas a sul. Amanhã vão de Alcácer do Sal a Albufeira e na 6ª feira deslocam-se de Beja a Portalegre. Este ano a última etapa será em Fafe. A subida da Serra da Estrela far-se-á no domingo mas com chegada à Covilhã. No dia 11 os ciclistas sobem à Senhora da Graça. No dia 12 termina Volta com um contra-relógio em Fafe.

Os grandes favoritos em vencer esta edição da Volta voltam a ser os ciclistas da W52 FC Porto - Rui Alarcon, Gustavo Veloso e Rui Vinhas. O Sporting Tavira este ano está mais forte com a participação Joni Brandão, que pode se intrometer na luta. A Efapel também espera estar na luta com Sérgio Paulinho.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:18



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho