Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Comissão Nacional de Educação anunciou o relatório "Estado da Educação 2017". Para a presidente do CNE, Maria Emília Brederode Santos, deveria repensar-se a organização do ensino básico, atualmente dividido em 3 ciclos, nomeadamente em relação à existência do 2º ciclo. Tudo por causa  do elevado número de chumbos no 2º ciclo.

IMG_20181122_083315.png

A ideia é o pré-escolar ter mais um ano, o 1º ciclo ir até ao 5º ano e o até agora 3º ciclo começar no 6º ano.

O ministro da Educação diz que eliminar o 2º ciclo tem de ser uma ideia muito discutida. No entanto, Tiago Brandão Rodrigues acredita que os argumentos do CNE não fazem sentido, até porque os chumbos têm diminuído.

Eu penso que há um problema no 2º ciclo mas tenho dúvidas que a solução seja o seu fim. Se calhar fazia mais sentido era aumentar o 2º ciclo, começando no actual 4º ano e acabando no 7º.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:09

20 mil na rua

06.10.18

Depois de uma semana de greves por regiões, ontem 20 mil professores sairam à rua em Lisboa, no dia mundial do professor. Desta vez desceram a Almirante Reis, desde a Alameda até ao Terreiro do Paço. Querem que o tempo de serviço congelado durante 9 anos, 4 meses e 2 dias seja recuperado.

N 5ª feira o governo aprovou um decreto-lei que define que os professores vão recuperar 2 anos, 9 meses e 18 dias. Tiago Brandão Rodrigues diz que esta proposta "apresenta um paralelismo nas carreiras gerais da Função Pública, pondo um ênfase importante na sustentabilidade orçamental e financeira". António Costa diz que o tempo de serviço que os professores vão recuperar "é o possível, justo e razoável".

Nas próximas eleições muitos professores prejudicados não irão votar no PS.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:34

Ontem não se falava de outra coisa na escola. Desde ontem está convocada uma greve às avaliações nas escolas. A minha 1ª reunião é na 4ª feira.  Já entreguei as notas mas vou ter de fazer ainda alterações pois ainda há alunos que me prometeram que entregavam um trabalho hoje de manhã. Claro que a nota do trabalho vai ser um pouco baixa pois o trabalho é entregue já fora do prazo.

Esta greve poderá poderá impedir os alunos do 9.º ano e do ensino secundário de fazerem os exames que arrancam no dia 18.

Legalmente, basta que um só professor falte para que um conselho de turma não possa ser realizado. Caso isso aconteça, o director da escola remarca a reunião passadas 48 horas e a reunião pode ser remarcada sucessivamente e por tempo indefinido.

Esta greve é por causa da recuperação do tempo de serviço, congelado durante 7 anos, dos professores para progredir na carreira. Segundo o Governo, o descongelamento das carreiras vai permitir a progressão de mais de 50 mil professores no próximo ano, o que representa um custo adicional de 90,2 milhões de euros em salários. As organizações sindicais aceitaram que a reposição salarial fosse faseada no tempo, num período que se poderia prolongar para além da actual legislatura. O ministro da educação diz que  o tempo de serviço prestado pelos professores durante o período de congelamento não será contabilizado para efeitos de progressão na carreira.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:15

Este ano há novamente concurso para os professores do Quadro. Quem é do Quadro de Zona n«Pedagógica é obgrigado a concorrer, já quem é do Quadro de Agrupamento, concorre se quiser.

Eu vou concorrer para ver se mudo de escola. Vamos lá ver se consigo. Desta vez já concorro em 1ª prioridade.

O prazo de candidatura começou ontem e prolonga-se até dia 3 de Maio.

como habitualmente há sempre uma polémica. Desta vez é por causa dos professores do privado  poderem concorrer.

Este concurso ocorre por o parlamento ter decidido no dia 3 de Abril que devia voltar a realizar-se  um concurso de mobilidade para professores dos quadros, para substituir o polémico concurso realizado no ano passado que levou à apresentação de 799 providências cautelares, por quando foram disponibilizados os horários incompletos, muitos professores queixaram-se de terem sido ultrapassados por colegas menos graduados.

concurso de professores 18 19.png

 

Foto daqui.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:10

4 dias de Greve

13.03.18

Hoje começam 4 dias de Greve de professores por causa do desacordo com o Governo sobre o tempo de serviço dos professores que deve ser descongelado. 

Greve de professores.JPG

Os primeiros professores a entrar em Greve são os da Grande Lisboa (Lisboa, Setúbal e Santarém) e região autónoma da Madeira. Amanhã a greve é para os professores  da região Centro (Coimbra, Viseu, Aveiro, Leiria, Guarda e Castelo Branco), no dia 15 será no sul (Évora, Portalegre, Beja e Faro). e dia 16 de marçoa paralisação será na região norte (Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança) e na região autónoma dos Açores.

Ontem os sindicatos de professores decidiram manter a greve. O Governo voltou ontem a apresentar aos sindicatos a mesma proposta que já tinha divulgado numa reunião negocial anterior, que apenas admite o descongelamento de 2 anos e 10 meses de tempo de serviço aos docentes. Os sindicatos querem que sejam contabilizados os  9 anos, 4 meses e 2 dias que os professores estiveram congelados.

Vamos ver se os professores, numa altura de muito trabalho com avaliações, vão fazer greve.

 

Foto do site da Fenprof.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:54

Rankings 2017

03.02.18

Saíram os rankings das escolas. Estive a ver o que vem no Diário de Notícias. Os resultados entristecem-me.

jornais 03022018.png

Nos primeiros 10 lugares não há nenhuma escola pública. O 1º lugar foi para a Academia Música de Santa Cecília, em Lisboa, seguindo-se o Colégio Nossa Senhora do Rosário, no Porto. Só o 6º e 7º lugar não são em Lisboa e no Porto - Colégio D. Diogo de Sousa, em Braga, e Colégio St. Peter's School, em Setúbal.

Só 6 escolas públicas aparecem nos primeiros 50 lugares. A 1ª escola pública aparece no 33º lugar - Escola Secundária Garcia de Orta, no Porto.

A escola onde eu estava o ano passado ficou em 542º lugar. Já a escola onde estou a dar aulas este ano ficou em 464º lugar.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:47

Hoje é dia de greve de professores. À tarde há manifestação de professores junto da Assembleia da República. Em causa está a progressão na carreira dos professores, interrompida há uma década.

Greve professores.jpg

Os sindicatos lembraram-se agora desta situação. Ontem estiveram reunidos com 2 secretários de estado mas não houve fumo branco. O ministro não esteve presente por ter sido internado por tempo indeterminado, com síndrome vestibular agudo.

No Orçamento do Estado para 2018 prevê-se que não seja contabilizado o trabalho realizado entre 31 de agosto de 2005 e 31 de dezembro de 2007 nem entre janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2018, o que está a indignar muitos professores.

Eu não farei greve pois só entrei para os quadros há 3 anos pelo que não estarei ainda em condições de progredir ainda na carreira. Acredito que vai ser uma greve com muita adesão.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:07

Maus resultados

06.10.17

Saíram os resultados das provas de aferição do ano passado - mais de 80% dos alunos falharam na prova de Ciências Naturais e Físico-Química. Segundo o IAVE, 71% dos alunos não conseguiram responder às questões relacionadas com a Terra no Espaço (tema do 7º ano de FQ) e 94,6% responderam com dificuldade. No tema Terra em Transformação, também do 7º ano de FQ, 83,8% responderam com dificuldade. Em relação ao tema Sustentabilidade na Terra, do 8º ano de FQ, 81,2% responderam com dificuldade.

O ano passado não tive alunos meus a fazer esta prova de aferição mas corrigi algumas provas. Afinal não eram só as provas que corrigi que não obtiveram bons resultados. Este ano não há prova de aferição de FQ.

É triste ver estas notícias para um professor de FQ. Já há alguns anos constato que muitos alunos não estão preparados para a exigência da disciplina logo no 7º ano. Por exemplo, em quase 20 anos de ensino, só o ano passado é que tive uma turma em que não dei negativas. Este ano tenho a certez que vou voltar a ter muitos alunos com negativa.

No meu tempo de aluno a disciplina só se iniciava no 8º ano. Talvez seja essa uma solução para melhorar os resultados na disciplina.

Para o ministério, a solução é formação de professores.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:56

Ontem sairam os resultados do acesso à Universidade. Este ano o curso com média mais alta foi Engenharia Aeroespacial, no Técnico (18,8 v). Medicina, na Universidade do Porto, só surge em 4º lugar (18,33 v).

jornal Público 10092017.jpg

A última pessoa a entrar no meu curso (Química Tecnológica, na Faculdade de Ciências da Universiade de Ciência) teve 12,63 v. No meu tempo todas as Químicas estavam juntas.

RResultados de outros cursos aqui

Entraram na 1ª fase, na Universidade, 44 914 estudantes, mais 4,6% que no ano passado. Desde 2010 que não entravam tantos estudantes.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:33

Saíram as notas dos exames do secundário. Este ano as médias subiram na maioria das disciplinas mas a FQ A os resultados voltaram a descer para 9,9 valores.

É com muita tristeza que que fico a saber destes resultados, apesar de não ficar muito surpreendido. Depois não admira que muitos alunos não queiram ir para a área das Ciências. Algo deve ser feito, que deve passar pela alteração dos critérios de correção dos exames  que muitas vezes são demasiado exigentes. Este ano, muitos professores de FQ queixaram-se que a prova era "ardilosa". Como não estive a dar secundário e tinha outras coisas para fazer não vi a prova.

Para mim outra situação que devia mudar era o regresso da disciplina de Técnicas Laboratoriais em Química, onde os alunos realizariam as aulas práticas, voltando a disciplina de FQ A a ser apenas mais teórica e aproveitando-se as aulas de turnos para realizar exercícios, o que permitiria aos alunos aos alunos prepararem-se melhor para o exame.

 

Foto do site da Leya.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:39



Astronomy Picture of the Day


Música do dia

anteriores

Tira do Armandinho