Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Foto 308/365

por aespumadosdias, em 05.11.21

Já tenho o livro da minha série preferida que tenho seguido na TVE e que também está a passar na RTP2 com uma semana de atraso nas madrugadas de sábado.

IMG-20211105-WA0000.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39

Torto arado

por aespumadosdias, em 18.10.18

Este é o título do romance vencedor do Prémio Leya deste ano. O júri, presidido por Manuel Alegre, escolheu o romance do desconhecido brasileiro Itamar Vieira Júnior, que nasceu em 1979, em São Salvador da Bahia. Para além de escritor Itamar Vieira Júnior é geógrafo de formação e doutorado em Estudos Étnicos e Africanos.

Itamar Vieira Júnior.jfif

No romance Torto Arado retrata-se o universo rural do Brasil partindo de "uma realidade concreta, em que situações de opressão quer social quer do homem em relação à mulher, a narrativa encontra um plano alegórico, sem entrar num estilo barroco, que ganha contornos universais", como diz o júri do prémio Leya.

Itamar Vieira Júnior já disse que o prémio é uma honra e uma surpresa e dedicou o prémio a todos os brasileiros que lutaram contra a ditadura militar e foram presos e torturados. Sobre as eleições brasileiras disse que vai votar Haddad e receia que se Bolsonaro ganhar o Brasil volte a um regime totalitário.

Fiquei com bastante curiosidade para ler Torto Arado, que vai ser editado em Portugal em 2019.

 

Foto do site do DN.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:57

Aveva 84 anni

por aespumadosdias, em 20.02.16

Morreu Umberto Eco. Foi um dos grandes escritores do século XX. As suas maiores obras foram O Nome da Rosa (1980), O Pêndulo de Foucault (1988) e já deste século O Cemitério de Praga (2011). 

O Nome da Rosa  foi adaptado ao cinema pelo realizador Jean-Jacques Annaud, com Sean Connery no papel principal.

O seu último romance, Número Zero, publicado no ano passado  é uma paródia ao jornalismo.

Nasceu em Alexandria, perto de Turim, a 5 de Janeiro  de 1932. Tinha 84 anos. Foi escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo.  Dirigiu a Escola Superior de ciências humanas na Universidade de Bolonha e deu aulas também em Yale, na Universidade Columbia, em Harvard, no Collège de France e na Universidade de Toronto. 

Segundo a France Presse, o escritor sofria de um cancro há vários anos.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:15

A ler

por aespumadosdias, em 27.10.15

O prémio José Saramago deste ano, anunciado há 1 semana, foi para Bruno Vieira Amaral, autor do romance "As primeiras coisas", publicado em 2013 pela Quetzal.

Este romance já tinha sido distinguida com os prémios Fernando Namora/Estoril Sol e P.E.N./Narrativa. 

Bruno Vieira Amaral nasceu no Barreiro em 1978, é licenciado em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE, é crítico literário, tradutor e autor do blogue Circo da Lama, aqui do Sapo.

Ouvi-o no Inferno da passada 6ª feira e fiquei com vontade de ler o seu romance. Trata da história de um homem que fica desempregado, divorcia-se, regressando a casa da mãe, no Bairro Amélia, na margem Sul, onde se vai passar grande parte da história.

Bruno Vieira Amaral dedicou o prémio a Luaty Beirão.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:12

Leitura de Verão

por aespumadosdias, em 02.08.15

Passei o mês de Julho, sempre que ia à praia a ler o penúltimo livro de Hugo Gonçalves - Enquanto Lisboa arde, o Rio de Janeiro pega fogo

O romance conta a história de um ex-assessor político, que passou a ser escritor, que teve de fugir para o Rio de Janeiro, não por problemas financeiros como têm feito muitos portugueses, mas por se ter envolvido com uma mulher casada. Aproveita para se encontrar por lá com uma das pessoas de que fala no seu livro.

Por causa do livro também vai encontrar muitos problemas no Rio de Janeiro. No entanto os primeiros dias no Rio são só de boa vida. Fiquei com vontade ir lá passar uma temporada. Por lá se apaixona por uma portuguesa que para lá foi.

Devido às muitas peripécias que vão acontecendo é emocionante a leitura.

Hugo Gonçalves que também teve de emigrar para o Rio, depois de ter ficado sem emprego, certamente que aproveitou para o livro muitas das vivências que passou por lá. 

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:15

Armandinho 2

por aespumadosdias, em 18.05.15

Hoje às 18h30 na FNAC do Colombo estará Alexandre Beck para apresentar Armandinho 2, depois de já ter lançado Armandinho 0 e 1. Foi a 17 de maio de 2010,  no jornal Diário Catarinense,  de Florianópolis,que foi publicada a primeira banda-desenhada "Armandinho", um menino de cabelo azul e ainda sem nome, sendo este escolhido mais tarde pelos próprios leitores, rebelde, refilão, ternurento que enfrenta o pai e a mãe, dos quais só aparecem as pernas.

Alexandre Beck em Lisboa

 No entanto foi no seguimento da tragédia de Santa Maria, um incêndio numa discoteca, onde morreram 242 pessoas e 680 ficaram feridas (o 3º maior desastre numa casa de diversão nocturna do Mundo), que Armandinho se tornou famoso devido a uma tira de homenagem às vítimas. Armandinho tornou-se na personagem de BD brasileira mais partilhada de sempre nas redes sociais. No Brasil já foram publicados 4 livros com enorme sucesso, atraindo um publico juvenil e adulto.

Nas tiras do Armandinho, para além dos seus pais, aparece um sapo de estimação e alguns amiguinhos. Vários assuntos são tratados, muitos deles ligados à actualidade brasileira,

Tomei conhecimento deste personagem fez 6ª feira 8 dias, quando via os livros à venda num posto dos CTT. O título do livro chamou-me logo à atenção, por razões óbvias.

Infelizmente, por motivos profissionais, não vou poder ir amanhã ao Colombo com muita pena minha.

Nos últimos dias tenho colocado diariamente aqui do lado direito várias tiras do Armandinho, retiradas do blog de Alexandre Beck, que é actualizado diariamente.

  

Foto daqui.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:10

Patrick Modiano

por aespumadosdias, em 10.10.14

Ontem foi atribuido o Nobel da Literatura. O galardoado foi o francês Patrick Modiano, de 69 anos.

O escritor vive em Paris e tem fama de raramente aparecer em sessões públicas ou de dar entrevistas.

Modiano é considerado por muitos críticos o mais importante escritor francês vivo. Nos seus livros retrata muito a ocupação alemã da França durante a Segunda Guerra. É conhecido mais em França do que no resto do mundo.

O seu primeiro romance foi "La Place de l'Étoile", em 1968. O primeiro livro editado em Portugal, pela Relógio D’Água, foi "Na Rua das Lojas Escuras", de 1978.

Os 2 últimos livros de Modiano são "L’Herbe des Nuits" (2012) e "Pour Que Tu Ne Te Perdes Pas Dans Le Quartier" (2014), ainda não editados em Portugal.

Este é certamente um autor para ser conhecido.

 

Há 6 anos aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:16

Nova Editora

por aespumadosdias, em 30.01.14

Os livros de José Saramago deixaram de ser publicados pela Caminho, do Grupo Leya. Agora José Saramago será editado pela Porto Editora.

Claro que a escolha esteve relacionada com razões económicas mas também houve razões afectivas. Foi o Círculo de Leitores, que pertence agora à Porto Editora, que o convidou para trabalhar depois de Saramago ter deixado de ser director adjunto do Diário de Notícias.

Este ano uma obra inédita do Nobel português será lançada pela Porto Editora. Muito dinheiro vão ganhar ainda os herdeiros de Saramago. Espera-se que a Fundação Saramago também lucre com esta mudança.

 

Há 6 anos aqui na Espuma dos Dias.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:40

13 de Junho de 1888

por aespumadosdias, em 13.06.13

Hoje é dia de Santo António. Para quem trabalha em Lisboa hoje é feriado. Eu às 8h15 começo o meu dia de trabalho.

Há 125 anos em Lisboa nascia Fernando António Nogueira Pessoa, um dos melhores poetas portugueses de sempre.

Na Casa Fernando Pessoa, situada em Campo de Ourique e onde ele morou durante os seus últimos quinze anos de vida, decorre por estes dias o Festival do Desassossego.

 

Liberdade

Ai que prazer
Não cumprir um dever,
Ter um livro para ler
E não fazer!
Ler é maçada,
Estudar é nada.
Sol doira
Sem literatura
O rio corre, bem ou mal,
Sem edição original.
E a brisa, essa,
De tão naturalmente matinal,
Como o tempo não tem pressa...

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto é melhor, quanto há bruma,
Esperar por D.Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,

Flores, música, o luar, e o sol, que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

Mais que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças
Nem consta que tivesse biblioteca...

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

 

Foto daqui.

 

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:52


Mais sobre mim

foto do autor


Astronomy Picture of the Day




Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2008
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D