Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O grande derrotado da noite eleitoral de ontem foi o CDS, conseguindo eleger apenas 5 deputados. Quem reagiu 1º foi mesmo Assunção Cristas que deixa o CDS.

resultados legislativas 2019.png

O PCP também foi outro dos derrotados perdendo 5 dos 17 deputados que tinha em 2015. Pode dizer-se que os eleitores do PCP não gostaram que eles apiassem o governo PS,  o mesmo não tendo acontecido com  os do Bloco. Será que Jerónimo de Sousa, o 2º líder a falar, também está de saída?

O PSD subiu relativamente ao resultado das Europeias - de 22 para 28%. Não se espera que Rui Rio abandone o barco social democrata.

O Bloco acabou por não ser um derrotado da noite pois manteve os mesmos deputados,  19.

O PS não ganhou por poucochinho como eu previa na 6ª feira. Faltaram apenas 10 deputados para conseguir a maioria absoluta. Mas continuo a acreditar que não se vão coligar com ninguém, procurando umas vezes apoio à direita e outras à esquerda.

O Partido dos Animais também foi um dos vencedores da noite passando de 1 para 4 deputados.

Também  partidos que não tinham representação parlamentar sairam vencedores. A Iniciativa Liberal, o Livre e o Chega elegeram 1 deputado, os 3 por Lisboa.

Faltam apurar os resultados da Europa e Resto do Mundo. 

Destaque também para os números da abstenção - 45,5%.

 

Foto do site da RTP.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:35

As sondagens dão a vitória ao PS mas longe da maioria absoluta. Vai ser uma vitória por "poucochinho", como disse António Costa, quando Tozé Seguro venceu as Eleições Europeias de 2014. Nas últimas semanas, muitos que pensaram votar PS, afinal viraram-se para o PSD. Não sei se terá sido só por causa do caso de Tancos. Talvez Rui Rio tenha surpreendido pela positiva muita gente mais à direita. 

Legislativas 2019.png

Já o CDS continua pela ruas da amargura e talvez fique atrás do Partido dos Animais.

O Bloco vai certamente voltar a ter mais deputados. Quanto à CDU se mantiver o mesmo número de deputados já será uma grande vitória. No entanto, não acredito que os 2 partidos mais à esquerda voltem a apoiar o PS, viabilizando orçamentos e o governo. O mais certo é ver o PSD a abster-se e a deixar o PS governar em minoria, a não ser que corram com Rui Rio. Mas como o resultado do PSD não vai ser muito mau, vai ser difícil deitarem a baixo esta liderança social democrata.

Quanto aos pequenos partidos, pode ser que 2 ou 3 consigam eleger um deputado. Os que estão em melhores condições são o Livre, com Joacine Katar Moreira, candidata por Lisboa, e a Iniciativa Libral, pelo Porto, com Carlos Guimarães Pinto, e em Lisboa, com João Cotrim de Figueiredo. Já Santana Lopes, agora no Aliança, vai ter muita dificuldade em conseguir ser eleito.

 

Foto a partir do site da SIC Notícias.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:20

Caso de Tancos

27.09.19

O Ministério Público concluiu a acusação do caso do roubo de material militar em Tancos durante o início da campanha eleitoral. O destaque foi que o ex-ministro da defesa Azeredo Lopes é arguido. Para o MP, Azeredo estava a par da conspiração para as armas serem recuperadas.

jornal I 27092019.jpg

Na 4ª feira, o jornal I dizia que ex-chefe da casa militar de Marcelo Rebelo de Sousa, João Cordeiro, "sabia de tudo e mentiu". Chamadas e sms do major Vasco Brazão, responsável da Polícia Judiciária Militar, falam no "papagaio-mor do reino", que "não vai falar sobre Tancos tão cedo" e que tem "um e-mail que os compromete".

António Costa anda a ser criticado pela oposição de direita e vai descendo nas sondagens. Uns dizem que ele sabia de tudo, outros criticam-no por não saber de nada. Já Marcelo Rebelo de Sousa não é criticado mas sai mal de tudo isto perante os portugueses. Em Nova Iorque, onde estava, disse "Presidente não é criminoso".

O julgamento vai-se fazendo na comunicação social mas em tribunal se calhar só daqui a 1 ano. Hoje o jornal I, novamente, conta "Toda a história da farsa das armas roubadas em Tancos".

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:09

Ontem podia ter sido um dia histórico na Madeira. Infelizmente a direita continua a ter a maioria absoluta mas agora só com o CDS a apoiar. 

Eleições Regionais Madeira 2019.png

O grande derrotado da noite é o Bloco de Esquerda, que há muito tempo era uma força muito importante na Madeira e que deixa de ter deputados na Assembleia Regional. O Bloco nas últimas Legislativas até chegou a eleger 1 deputado. Se conseguisse pelo menos 1 deputado a esquerda teria maioria absoluta. 

Muitos terão votado PS mas afinal pouco vai mudar na Madeira. Paulo Cafôfo obteve o melhor resultado de sempre para os socialistas (35,76%).

Miguel Albuquerque continuará a chefiar o governo regional, tendo o PSD obtido apenas 39,42%. Nas anteriores Eleições Regionais tinha sido já por muito pouco que tinha conseguido a maioria absoluta.

Nestas eleições a abstenção foi de 44,4%, tendo baixado em relação a eleições anteriores. A maioria dos novos votantes votaram no PS.

 

Foto daqui.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:29

Mais de 1 hora

17.09.19

Ontem houve debate entre Rui Rio e António Costa. Foi muito mediatizado, tendo passado nos 3 canais generalistas em simultâneo. Ao contrário dos outros debates, que duraram apenas meia hora, este durou mais de 1h (83 minutos). Eu teria gostado que outros debates, que foram muito mais interessantes, tivessem tanto tempo como este. Opções dos orgãos de comunicação social...

Como era de esperar nenhum dos 2 pode dizer que venceu o debate. Os apoiantes de António Costa devem ter ficado contentes com a prestação do primeiro ministro, o mesmo acontecendo com os apoiantes de Rui Rio. Já muitos militantes do PSD, que não têm apoiado Rui Rio e estão mais à direita, devem achar que Rio não foi suficientemente agressivo com o primeiro ministro, como aconteceu no debate de Assunção Cristas. Sendo assim, não se espera que o PSD, agora comece a subir nas sondagens.

Verifica-se que Rui Rio não é muito crítico da governação do PS. Se calhar nem se importaria de ser vice-primeiro ministro de António Costa, com a pasta das finanças.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:25

Sondagens

14.09.19

Ontem e hoje saíram várias sondagens sobre as eleições legislativas de 6 de Outubro. Todas dão a vitória ao PS com larga vantagem sobre o PSD, e a da SIC e do Expresso a assegurar a maioria absoluta.

jornal Sol 14092019.jpg

No Expresso de hoje, diz-se que os socialistas estão preocupados com a desmobilização do eleitorado socialista, que pode ir votar noutros partidos. A mesma sondagem diz que a maioria dos portugueses (55%) prefere que o PS não tenha maioria absoluta. Eu sou um deles.

Quanto aos pequenos partidos, o Sol de hoje diz que os pequenos partidos só poderão eleger deputados por Lisboa. Eu gostava que Joacine Katar Moreira, a cabeça de lista do Livre por Lisboa, fosse para o Parlamento, o mesmo acontecendo com Pardal Henriques, candidato do PDR, e Santana Lopes, pelo Aliança.

Relativamente ao Partido dos Animais, que o Jornal Económico diz que pode ter mais votos que o CDS, gostava que fosse a surpresa pela negativa da noite eleitoral.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:28

A 22 de Setembro

09.09.19

Arrancou a campanha eleitoral  para as eleições regionais na Madeira. São já no dia 22.

Diário de Notícias da Madeira 29 e 20 de Agosto

Pode ser que desta vez que o PSD não vença com maioria absoluta. Mais difícil vai ser, como no continente, haver uma maioria de esquerda.

Pelo PSD, Miguel Albuquerque luta para continuar a chefiar o governo regional. Em 2015, o PSD conseguiu maioria absoluta por um deputado. Paulo Cafôfo, antigo presidente da Câmara do Funchal, eleito com o apoio da esquerda, é o candidato do PS. 

Miguel Albuquerque também será candidato a deputado nacional, nas eleições de 6 de Outubro. Se perder na Madeira, sempre poderá vir para o continente.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:54

Debates

05.09.19

Arrancaram na 2ª feira os debates para as eleições legislativas de 6 de Outubro. 

O 1º debate foi na SIC, entre António Costa e Jerónimo de Sousa. Na 3ª feira foi na RTP3, entre Assunção Cristas e Catarina Martins. Hoje, na SIC, encontram-se Rui Rio e Assunção Cristas. Amanhã é a vez António Costa se encontrar com Catarina Martins, na RTP1.

No total serão 12 debates, sendo o último no dia 16, entre Rui Rio e António Costa, em simultâneo no 3 canais generalistas. Também haverá entre Rio e Costa nas rádios, no dia 23. Entre todos os partidos com assento parlamentar, haverá 2 debates, o 1º nas rádios, do dia 18, e o 2º na RTP1, no dia 23. Os partidos sem assento parlamentar encontrar-se-ão no dia 30 na RTP1.

Até agora achei Jerónimo de Sousa, sem grande dinamismo, não tendo atacado António Costa, durante os 15 minutos em que falou. Já o debate entre as senhoras foi bastante ideológico.

debate Costa vs Jerónimo.png debate Cristas vs Catarina.png

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:19

O Conselho Nacional do PSD esteve reunido até de madrugada em Guimarães para aprovar a lista de candidatos do partido à Assembleia da República. O antigo líder parlamentar, Hugo Soares, que foi excluído das listas, esteve em Guimarães e falou a Rui Rio - "Vim cá dizer que o senhor não gosta do partido porque não respeita a militância, as estruturas e a pluralidade do PSD".

Ao analisar a lista do PSD à Assembleia da República constatamos que são poucos os nomes conhecidos. Destaca-se também que dos membros da direcção de Rui Rio, só Isabel Meirelles é candidata deputada.

As listas do PSD aprovadas com 18 votos contra, 10 abstenções e 80 a favor. 

Ontem a TVI divulgava uma sondagem que dava só 20,3% ao PSD.

 

ps: Durante o mês de Agosto não haverá post de manhã, a não ser que a actualidade o justifique muito.

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:41

O caso das golas

30.07.19

O JN trouxe a notícia na 6ª feira - "Material entregue nas aldeias para fugir dos incêndios é inflamável". O ministro Eduardo Cabrita reagiu no mesmo dia dizendo aos jornalistas que eles também tinham material inflamável, tocando no microfone da SIC. Nesse dia ficou-se a saber que quem ganhou o concurso para as golas inflamáveis era marido de uma autarca do PS em Guimarães.

No sábado, novamente o JN, dizia que "Proteção Civil pagou o dobro do preço pelas golas inflamáveis" . Golas para proteger as pessoas do fumo custam 0,74€ mas o estado pagou por cada uma  1,90€.

Ontem, mais uma vez, o JN trazia em 1ª página "Empresa que fabricou golas inflamáveis foi indicada por adjunto do secretário de estado". A meio da tarde o tal adjunto demite-se. 

O ministro sobre esta últimas notícias ainda não se pronunciou. Rui Rio diz que "não ficou tudo resolvido". Será que com estas notícias, o PS não vai conseguir chegar à maioria absoluta?

 

Há 1 ano aqui na Espuma dos Dias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:51



Astronomy Picture of the Day